sicnot

Perfil

Desporto

Mónaco obrigado a pagar 11,7 milhões de euros às autoridades fiscais espanholas

Lionel Cironneau

O Mónaco foi obrigado a pagar cerca de 11,7 milhões de euros às autoridades fiscais espanholas na sequência da venda para o país ibérico dos futebolistas James Rodriguez, Ferreira Carrasco e Abdennour.

O site Mediapart, que divulgou a informação com base na plataforma digital Football Leaks, que investiga os negócios da modalidade, questionou o clube monegasco, que reconhece um "litígio em curso", mas não confirmou os valores.

"Os valores foram pagos, mas contestados. Como tal, não podemos dar mais informações", respondeu o clube treinado pelo português Leonardo Jardim.

No verão de 2015, as autoridades fiscais espanholas reclamaram 5,1 milhões de euros de imposto sobre os proveitos com a venda do belga Yannick Ferreira Carrasco ao Atlético de Madrid e do tunisiano Aymen Abdennour ao Valência.

Posteriormente, analisaram a transferência do ex-portista James Rodriguez para o Real Madrid, em 2014, situação que a Mediapart avalia num imposto a rondar os 6,6 milhões de euros.

No direito espanhol, um decreto de 1991 situa o principado do Mónaco na lista dos paraísos fiscais, pelo que o clube deve pagar um imposto de 19 por cento sobre os ganhos de capital nas vendas para Espanha.

O Football Leaks junta diversos órgãos de informação europeus em investigação sobre os negócios de futebol, tendo, entre outras coisas, denunciado alegada evasão fiscal de estrelas como Cristiano Ronaldo e José Mourinho, da Gestifute liderada por Jorge Mendes, um dos maiores agentes do mundo.

Lusa

  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Gelo nos polos recua para recordes mínimos

    Mundo

    A extensão de gelo polar dos oceanos Ártico e Antártico atingiu recordes mínimos a 13 de fevereiro, perdendo o equivalente a uma área maior do que o México, informou esta quarta-feira a agência espacial norte-americana NASA.

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.