sicnot

Perfil

Desporto

Gignac teve perda de memória e saiu de ambulância na final da Liga mexicana

Christian Palma

O futebolista internacional francês André-Pierre Gignac teve que sair de ambulância depois de um choque no jogo da primeira mão da final do campeonato mexicano de futebol, na madrugada desta sexta-feira.

Gignac, que sofreu uma pancada na zona do pescoço, "está em dúvida" para o segundo jogo da final entre o Club América e a sua equipa, o Tigres de Monterrey, que se disputa no domingo, após o empate a 1-1 no primeiro encontro.

Na sua conta Twitter, o Tigres de Monterrey manifesta a dúvida quanto à possibilidade de Gignac jogar.

O avançado francês, de 31 anos, foi assistido ainda no relvado e teve, de acordo com os médicos do clube, uma curta perda de agooumemória, na sequência do choque com o defesa Bruno Valdez, aos 74 minutos, já depois de ter inaugurado o marcador, aos 44.

"Foi um choque normal, infelizmente magoou-se", comentou Valdez, salientando que da sua parte não houve agressividade, nem intenção de magoar o internacional francês.

Lusa

  • Novo regime dos recibos verdes "acaba com as injustiças dos escalões"
    1:10
  • Brinquedos tecnológicos para oferecer no Natal
    5:33
  • Aniversário de Marcelo passado nas comemorações dos 700 anos da Marinha
    1:45

    País

    O Presidente da República defende que é preciso continuar a investir na Armada, nas pessoas, nas capacidades e no apoio de retaguarda. No dia em que fez 69 anos, Marcelo Rebelo de Sousa esteve nas comemorações dos 700 da Marinha, onde sublinhou os sete séculos de conquistas e de combates navais.

  • Costa anuncia reunião sobre neutralidade carbónica em fevereiro
    2:03

    País

    O Presidente francês defende que é preciso ir mais longe e mais rápido na luta contra as alteração climáticas, numa resposta à decisão de Donald Trump de retirar os EUA do Acordo de Paris. Em fevereiro, será a vez de Portugal organizar uma reunião sobre energia e transportes.