sicnot

Perfil

Desporto

Gignac teve perda de memória e saiu de ambulância na final da Liga mexicana

Christian Palma

O futebolista internacional francês André-Pierre Gignac teve que sair de ambulância depois de um choque no jogo da primeira mão da final do campeonato mexicano de futebol, na madrugada desta sexta-feira.

Gignac, que sofreu uma pancada na zona do pescoço, "está em dúvida" para o segundo jogo da final entre o Club América e a sua equipa, o Tigres de Monterrey, que se disputa no domingo, após o empate a 1-1 no primeiro encontro.

Na sua conta Twitter, o Tigres de Monterrey manifesta a dúvida quanto à possibilidade de Gignac jogar.

O avançado francês, de 31 anos, foi assistido ainda no relvado e teve, de acordo com os médicos do clube, uma curta perda de agooumemória, na sequência do choque com o defesa Bruno Valdez, aos 74 minutos, já depois de ter inaugurado o marcador, aos 44.

"Foi um choque normal, infelizmente magoou-se", comentou Valdez, salientando que da sua parte não houve agressividade, nem intenção de magoar o internacional francês.

Lusa

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • "Foi um golpe muito forte"
    1:41
  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • SIC acompanhou Francisco George no último dia como diretor-geral da Saúde
    6:20