sicnot

Perfil

Desporto

Wolfsburgo confirma Julian Draxler no Paris Saint-Germain por quatro anos

O médio alemão Julian Draxler, campeão do mundo em 2014, vai assinar um contrato válido por quatro anos com os franceses do Paris Saint-Germain (PSG), anunciou hoje o clube alemão de futebol Wolfsburgo.

"Julian Draxler vai deixar o Wolfsburgo e assinar pelo Paris Saint-Germain. Os dois clubes estão de acordo em manter confidenciais os termos financeiros do acordo", pode ler-se no comunicado publicado pelo Wolfsburgo.

Polivalente, o médio germânico de 23 anos foi internacional por 27 vezes e anotou três golos pela sua seleção, estimando os media franceses e alemães que os valores da contratação do jogador se situem entre os 36 e os 40 milhões de euros.

"Tivemos negociações intensas e construtivas com o Julian e os seus representantes, bem como com o PSG nos últimos dias, e chegámos finalmente a um bom resultado entre todas as partes", disse o diretor desportivo da formação germânica, Olaf Rebbe.

O treinador da equipa alemã, Valerien Ismael, já reagiu à perda do jogador: "Por um lado, estou triste por ver Julian partir, porque é um jogador incrível, por outro, penso que é bom para todos. Nos últimos jogos, ele deu tudo o que tinha, mostrando o quanto gostava do clube. Espero que triunfe neste novo desafio em França."

Lusa

  • Dois jovens atropelados mortalmente no concelho de Montemor-o-Velho
    2:20
  • Presidente de "O Sonho" suspeito de peculato e fraude
    2:26

    País

    O presidente das três instituições de solidariedade social de Setúbal - incluindo "O Sonho" -, que na sexta-feira foram alvo de buscas, foi constituído arguido. Florival Cardoso é, por enquanto, o único suspeito de peculato e fraude na obtenção de subsídios para as instituições.

  • Manifestação contra mina de urânio junta milhares em Salamanca
    1:39
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de armas da PSP, três recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avançou este sábado que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • Cessar-fogo de 30 dias na Síria
    2:07