sicnot

Perfil

Desporto

Federação Portuguesa de Futebol avança com revisão do regulamento disciplinar

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou hoje que iniciou o processo de revisão do seu regulamento disciplinar e que as novas normas deverão entrar em vigor a partir de 01 de julho de 2017.

No seu site oficial, o organismo revelou que o processo está a ser dirigido pela comissão de reforma, liderada por Germano Marques da Silva, e que a primeira reunião decorreu durante o mês de dezembro.

"Reformar um quadro disciplinar desportivo, de natureza pública, numa modalidade que abarca no seio mais trinta competições desportivas, é um desígnio de algum fôlego. A procura de uma solução que perdure para além do imediato de uma época desportiva, é algo bem desafiante e cativante. É como, permita-se-me a imagem, me confiassem a requalificação ou construção de um edifício", disse o jurista, em declarações ao site da FPF.

Por seu lado, o presidente do Conselho de Disciplina do organismo que rege o futebol nacional considerou que a reforma é "um passo imprescindível para uma nova visão do exercício do poder disciplinar da federação".

"Melhores normas, melhor instrução, melhores decisões. É um tríptico que reputamos de essencial e onde, na falta de um desses elementos, muito pode ficar em risco", referiu José Manuel Meirim.

A FPF espera que as novas normas disciplinares entrem em vigor na época desportiva de 2017/18.

Lusa

  • Roger Moore, o ator que foi 007 e um Santo
    1:26

    Cultura

    Morreu Roger Moore. O ator britânico tinha 89 anos e morreu na Suíça, vítima de cancro. Ficou conhecido pelo mítico papel de James Bond entre os anos 70 e 80, tendo sido o ator que mais tempo se manteve no papel. Em 2003, foi condecorado pela rainha Isabel II e tornou-se Sir Roger Moore.

  • Ucrânia limita utilização do russo na televisão

    Mundo

    O Parlamento da Ucrânia aprovou esta terça-feira uma lei que determina que três quartos dos programas televisivos dos canais nacionais devem ser transmitidos em ucraniano, medida que visa limitar o uso da língua russa naquele país.