sicnot

Perfil

Desporto

Benfica saúda Fernando Santos pelo prémio de melhor selecionador de 2016

In\303\241cio Rosa

O Benfica felicitou esta terça-feira Fernando Santos, que levou Portugal à conquista do Europeu de futebol de 2016, pela distinção de melhor selecionador do ano pela Federação Internacional de História e Estatística do Futebol (IFFHS).

"O Fernando Santos é um homem bom, que conseguiu coroar o esforço dos clubes e da Federação Portuguesa de Futebol com a conquista do Campeonato da Europa de futebol, em França, fruto de enorme capacidade de liderança, da força de vontade e da aptidão para superar obstáculos que o caracterizam", disse o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, em declarações publicadas no site oficial do clube.

Luís Filipe Vieira já trabalhou com Fernando Santos no Benfica, na época 2006/2007, na qual o atual selecionador nacional levou a equipa lisboeta a terminar o campeonato no terceiro lugar, tendo sido despedido logo no início da temporada seguinte e substituído pelo espanhol José Antonio Camacho.

"Fernando Santos é um profissional de excelência e um bom amigo. É um líder que merece todos os resultados e prémios, porque, pelo seu humanismo e simplicidade, nenhum êxito lhe sobe à cabeça, continuando a ser o que sempre foi: um grande homem e um excelente treinador, que ficará para sempre na história do futebol português", sustentou o presidente benfiquista.

Fernando Santos, que em setembro de 2014 substituiu Paulo Bento no comando da seleção das "quinas", obteve 199 pontos, superando o sueco Lars Lagerbeck, que lidera a seleção da Islândia, que ocupa a segunda posição, com 71 pontos.

Na terceira posição, com 61 pontos, ficou o alemão Joachim Löw, que foi eleito o melhor selecionador em 2014, ano no qual levou a seleção germânica à conquista do título mundial.

Didier Deschamps, que comandou a seleção francesa derrotada por Portugal na final do Euro2016 (1-0, após prolongamento), terminou na quinta posição, com 52 pontos, atrás do galês Chris Coleman.

Fernando Santos, de 62 anos, sucede no palmarés de melhor selecionador do ano da IFFHS ao argentino Jorge Sampaoli, atual treinador do Sevilha, que em 2015 levou a seleção chilena à conquista da Copa América.

O selecionador português está entre os três finalistas ao título de treinador do ano da FIFA - que será anunciado a 09 de janeiro -, ao lado do italiano Claudio Ranieiri, que se sagrou campeão inglês com o Leicester, e do francês Zinedine Zidane, que levou ao Real Madrid à conquista da 11.ª Liga dos Campeões Europeus.

Lusa

  • AR começa hoje a votar OE e mais de 600 alterações dos partidos

    Orçamento do Estado 2018

    Entre os temas que deverão marcar os próximos dias de debate e das votações relativas à proposta orçamental de 2018, cuja votação final global será na segunda-feira, estão as medidas relacionadas com os incêndios, as alterações ao regime simplificado de IRS, as carreiras na função pública (e em especial a dos professores) e as cativações de despesa.

  • "Estamos vivos"
    11:41
  • Notas e moedas têm os dias contados?
    6:27