sicnot

Perfil

Desporto

Nacional confirma oficialmente saída do treinador Manuel Machado

O treinador Manuel Machado vai abandonar o comando do Nacional, após quatro épocas e meia consecutivas ao serviço do emblema madeirense, confirmou esta quarta-feira o clube da I Liga portuguesa de futebol, através de comunicado.

Num curto comunicado, o Nacional informa que "chegou a acordo com Manuel Machado para a rescisão do contrato que estava em vigor até final da temporada".

O emblema insular agradece ainda a Manuel Machado todo o profissionalismo, competência e dedicação que sempre revelou ao serviço do clube, desejando-lhe os maiores sucessos pessoais e profissionais", pode ler-se no comunicado publicado na sua página na internet.

A decisão foi tomada após uma reunião entre o treinador e os responsáveis insulares, apesar de Manuel Machado ter orientado o treino matinal desta quarta-feira, que decorreu no complexo do clube, na Choupana.

Machado, que recentemente afirmou que o seu lugar estaria sempre à disposição, sempre e quando essa fosse a melhor solução para o Nacional, alegou, ao mesmo tempo que, em termos salariais, apenas receberia "até ao seu último dia de trabalho", deixando de lado o direito a uma eventual indemnização.

O Nacional está a fazer uma das suas piores campanhas no principal campeonato português de futebol. No entanto, participou por cinco vezes na Liga Europa, três das quais sobre o comando do agora demissionário Manuel Machado. Esta época, os ilhéus foram já eliminados da Taça de Portugal e da Taça da Liga.

O conjunto insular ocupa um modesto 16.º lugar na I Liga, tendo somado apenas 11 pontos em 15 jornadas disputadas, com apenas mais um ponto do que o lanterna-vermelha Tondela. A derrota caseira (2-0) frente ao Boavista, na última jornada disputada, terá originado a perda de confiança dos dirigentes no treinador.

Lusa

  • Manuel Machado de saída do Nacional da Madeira
    0:29

    Desporto

    O treinador ainda orientou o treino da manhã desta quarta-feira, mas já não deverá orientar o da tarde. Contactado pela SIC, fonte do clube não quis adiantar mais informações, mas de acordo com a imprensa desportiva, a rescisão de contrato está a ser ultimada.

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.