sicnot

Perfil

Desporto

Anzhi despede treinador Pavel Vrba ao fim de seis meses

© Gonzalo Fuentes / Reuters

O clube de futebol Anzhi, 11.º classificado do campeonato russo, despediu o treinador, o checo Pavel Vrba, seis meses depois de o contratar, anunciou esta quinta-feira a Federação de Futebol da República Checa.

Segundo o comunicado da federação checa, o clube russo, onde joga o ex-Sporting Xandão, "mudou de mãos devido aos problemas financeiros e está a começar a vender ativos".

"Uma fonte próxima do treinador confirmou a saída de Vrba dentro das recentes medidas no clube", acrescenta a nota federativa.

Vrba, de 53 anos, assumiu o cargo no verão depois de ter sido despedido do comando da seleção checa, que saiu do Euro 2016, em França, sem qualquer vitória.

O checo, que somou cinco vitórias, cinco empates e sete derrotas no campeonato russo com o Anzhi, ganhou notoriedade à frente do Viktoria Plzen, que levou a vencer a liga checa em 2011 e 2013 e à Liga dos Campeões.

Lusa

  • Younes Abouyaaqoub, o homem mais procurado de Espanha
    1:53
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Costa desafia PSD para pacto depois das autárquicas
    1:14
  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22