sicnot

Perfil

Desporto

APAF lamenta declarações de Costinha e pede castigo pesado

O presidente da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF), Luciano Gonçalves, lamentou esta sexta-feira as declarações de Costinha sobre as arbitragens, e pediu castigo severo para o treinador da Académica.

"É mais do mesmo. Estes comportamentos têm vindo a ser, infelizmente, recorrentes vezes demais e nós temos que pôr um travão a este tipo de comentários, que metem em causa a seriedade e a honorabilidade das pessoas", considerou Luciano Gonçalves à agência Lusa.

O presidente da APAF lamentou ainda que esta nova polémica "tenha vindo de uma pessoa com uma responsabilidade tão grande no futebol" e que "não deixa outra hipótese do que levar o caso até às últimas consequências".

Luciano Gonçalves confirmou ainda que a APAF, em conjunto com o Conselho de Arbitragem (CA) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), já fez seguir as declarações de Costinha para o Conselho de Disciplina (CD).

"Vamos esperar que [que o CD} atue em conformidade e aplique um castigo que seja digno destas declarações, que não se compreendem. É difícil perceber como é que no futebol profissional existam pessoas com responsabilidade tão grande a terem este tipo de declarações", disse.

Em causa estão declarações de Costinha proferidas no lançamento do jogo de hoje dos 'estudantes' com o Sporting 'B', da 20.ª jornada da II Liga, em que, referindo-se ao encontro anterior, na visita ao Vitória de Guimarães B (derrota por 2-1), disse que "não foi uma arbitragem, foi ladroagem".

"Não tenho a mania dos fantasmas, admito que eles [árbitros] se possam enganar, mas quando os adversários também ficam perplexos com o que está a acontecer é sinal que há algo de estranho", disse ainda Costinha.

Luciano Gonçalves aponta a ironia de esta situação surgir após o presidente do CA, Fontelas Gomes, ter apelado, num artigo de opinião publicado no jornal Público, à contenção, com a garantia de que não deixaria passar em claro declarações que colocassem em causa o bom nome dos árbitros.

"É este tipo de comportamentos que nos faz pensar a nós, estrutura da arbitragem, que provavelmente, se calhar, não é com diálogo que se põe travão a este tipo declarações e comportamentos. Não se compreende", acrescenta o presidente da APAF.

Luciano Gonçalves frisou que os árbitros irão ser sempre, até para bem do futebol, alvo de críticas, mas apelou a que "sejam construtivas e que não coloquem em causa a seriedade e a honorabilidade, nem levantem suspeições".

"Se existem suspeições e criticas a colocar em causa a verdade desportiva então que se prove. As pessoas que falam desta forma e que levantam este tipo de suspeição têm que, nos lugares próprios, provar que existe este tipo de comportamentos que eles dizem", disse ainda o dirigente.

O presidente da APAF entende este género de comportamentos com o facto de "as pessoas não quererem mesmo mudar e dar, assim, o contributo que o futebol merece, preferindo justificar todos os seus insucessos através da arbitragem".

Lusa

  • A fuga dos PIDES
    1:16

    Perdidos e Achados

    Ao final do dia 29 de Junho de 1975, 89 agentes da PIDE fugiam da cadeia de Vale de Judeus, em Alcoentre. Mais de 40 anos depois, Perdidos e Achados recupera um dos acontecimentos do Verão Quente em Portugal. Hoje no Jornal da Noite e conteúdos exclusivos no site.

    Hoje no Jornal da Noite

  • "O FC Porto não merece ser campeão"
    2:23
    Play-Off

    Play-Off

    DOMINGO 22:00

    O empate do FC Porto com o Feirense foi o principal assunto do Play-Off da SIC Notícias, este domingo. Rodolfo Reis mostrou-se insatisfeito com a atitude dos jogadores do FC Porto.

  • Uma volta a Portugal. De bicicleta mas sem licra

    País

    Um grupo de professores propõe-se a repetir o percurso da 1.ª Volta a Portugal em Bicicleta, 90 anos depois. Não se trata de uma corrida, pelo contrário querem provar que qualquer um o pode fazer e promover o uso da bicicleta como meio de transporte pessoal. “Dar a volta” parte para a estrada esta quarta-feira, de Lisboa a Setúbal, tal como em 26 de abril de 1927.

    Ricardo Rosa

  • Casa Madonna di Fatima em Roma é um lar de idosos com 9 irmãs portuguesas
    4:29

    Mundo

    A mais antiga igreja dedicada à Senhora de Fátima em Roma tem mais de 50 anos. Foi construída pelas franciscanas hospitaleiras do Imaculado Coração, uma congregação fundada em Portugal. Hoje, as religiosas portuguesas gerem um lar na mesma rua, mas o templo foi entregue a uma congregação italiana.

  • Défice recua em 2016 na zona euro e na UE

    Economia

    O défice e a dívida baixaram na zona euro e na União Europeia (UE) em 2016 face a 2015, tendo Portugal registado a terceira maior dívida (130,4%) entre os Estados-membros e um défice de 2%, segundo o Eurostat.