sicnot

Perfil

Desporto

Brahimi desfalca FC Porto que ainda não conta com Layún, Otávio, André Silva e Kelvin

Brahimi inaugurou o marcador no Dragão ao cair do pano da 1ª parte.

JOSE COELHO

O FC Porto iniciou esta quarta-feira a preparação do jogo com o Paços de Ferreira, da 16.ª jornada da I Liga de futebol, sem Brahimi, que se juntou à seleção argelina, nem os lesionados Layún, Otávio, André Silva e Kelvin.

De acordo com a nota publicada no sítio dos "dragões", o defesa Layún fez tratamento e trabalho de ginásio, o médio Otávio tratamento, trabalho de ginásio e treino condicionado e os avançados André Silva treino integrado condicionado e Kelvin treino condicionado e trabalho de ginásio.

Na sessão de treino desta manhã, escassas horas após a eliminação da Taça da Liga, com a derrota por 1-0 em casa do Moreirense, o treinador Nuno Espírito Santo não contou com o avançado Brahimi, que se juntou à seleção argelina que vai disputar a edição de 2017 da Taça das Nações Africanas (CAN).

Ausente do treino do plantel principal dos "dragões" esteve também o defesa Chidozie, que treinou às ordens de António Folha com o plantel do FC Porto B. Em sentido inverso, o avançado Rui Pedro trabalhou com a equipa principal.

O plantel portista volta a treinar pelas 10:30 de quinta-feira, no Olival, em Vila Nova de Gaia, com uma sessão que terá os primeiros 15 minutos abertos aos órgãos de comunicação social.

O FC Porto, segundo classificado a quatro pontos do líder Benfica, desloca-se pelas 20:30 de sábado a casa do Paços de Ferreira (13.º), em jogo a dirigir pelo árbitro Artur Soares Dias, da AF Porto.

Lusa

  • Confirmados dois novos casos de legionella

    Legionella

    Dois novos casos de legionella foram esta quarta-feira confirmados. A informação foi avançada em comunicado pela Direção-Geral da Saúde. Tratam-se de duas pessoas com mais de 80 anos, internadas no Hospital São Francisco Xavier e no Egas Moniz, ambas em situação clínica estável.

  • Quem é o novo Presidente do Zimbabué?
    2:15

    Mundo

    Emmerson Mnangagwa é o sucessor de Robert Mugabe que regressou esta quarta-feira da África do Sul, onde estava refugiado. No primeiro discurso, o Presidente do Zimbabué falou de uma nova democracia no país. Mnangagwa, conhecido como crocodilo, é suspeito de atrocidades na guerra civil pós-independência. 

  • Diminuem as hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino
    3:09

    Mundo

    As hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino, desaparecido há 8 dias, começaram a diminuir, uma vez que o chamado "tempo de segurança" já foi ultrapassado. A Marinha portuguesa está a acompanhar o caso do submarino que está desaparecido há oito dias. As hipóteses de salvar os tripulantes vão diminuindo.

  • Comprar um carro em segunda mão sem ser enganado 
    8:44
  • O que aprendemos com secas anteriores?
    32:50