sicnot

Perfil

Desporto

Serena Williams eliminada do torneio de Auckland, irmã Venus abandona por lesão

Reuters

A tenista norte-americana Serena Williams, número dois mundial, despediu-se hoje precocemente do torneio de Auckland, Nova Zelândia, ao perder com a compatriota Madison Brengle, por 6-4, 6-7 (3-7) e 6-4.

A antiga líder da hierarquia regressava aos 'courts' após quatro meses de paragem, devido a lesão, e fez o pior ensaio para o primeiro 'Grand Slam' da temporada, o Open da Austrália, que começa a 16 de janeiro.

Serena Williams prepara a participação no Open da Austrália, no qual procura somar o seu 23.º 'major'.

Neste momento, a norte-americana tem 22 títulos do 'Grand Salm' e partilha o recorde de troféus na 'era Open' com a alemã Steffi Graf, estando a dois do máximo total, pertença da australiana Margaret Court.

Em dia azarado para as irmãs Williams, Venus teve também de 'fazer as malas', sendo forçada a deixar Auckland devido a lesão num braço.

Venus Williams ainda venceu o encontro frente à desconhecida neozelandesa Jade Lewis, no modesto lugar 1.099 na classificação mundial, mas acabou por ressentir-se de um problema no braço.

Num encontro que teve um 'intervalo' forçado devido à chuva, quando o primeiro 'set' estava empatado 2-2, a experiente norte-americana acabou por vencer a jovem 'convidada', de 18 anos, por 7-6 (7-2) e 6-2, mas, pouco depois, anunciava que tinha de abandonar.

  • António Costa evita perguntas sobre estágios não remunerados
    1:55
  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14