sicnot

Perfil

Desporto

Atlético Nacional recebe prémio Fair-play da FIFA

© Jorge Adorno / Reuters

A equipa colombiana do Atlético Nacional, que pediu a atribuição à equipa brasileira da Chapecoense da Taça Sul-Americana de futebol, foi esta segunda-feira distinguida pela FIFA com o prémio 'Fair-Play', durante a gala anual da organização.

Ao receber o prémio na gala da FIFA, que decorreu em Zurique, na Suíça, o presidente do Atlético Nacional, Juan Carlos de la Cuesta, destacou o "momento muito difícil" vivido após a tragédia de aviação que vitimou grande parte do plantel da equipa brasileira.

A equipa da Chapecoense sofreu o acidente de aviação a 28 de novembro do ano passado, quando o avião em que seguia para disputar com o Atlético Nacional a final da Taça Sul-Americana se despenhou em Cerro Gordo, a 17 quilómetros do aeroporto de Medellín, na Colômbia, por falta de combustível, causando a morte a 71 dos 77 ocupantes do aparelho.

A 30 de novembro, o Atlético Nacional escreveu à Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL) solicitando que a Chapecoense fosse declarada campeã da Taça Sul-Americana.

A CONMEBOL enalteceu então a "demonstração do espírito de paz, compreensão e jogo limpo" demonstrado pelo clube colombiano, salientando a "solidariedade, consideração e respeito" demonstrado com "os seus irmãos" da Chapecoense.

O prémio da FIFA recompensa "comportamentos exemplares que promovem o espírito de ´fair-play´ e da compaixão no campo e fora dele".

Lusa

  • Sabe onde fica a Nambia? Algures em África, segundo Trump

    Mundo

    "O sistema de saúde na Nambia é incrivelmente autossuficiente", declarou o Presidente dos Estados Unidos num discurso proferido num almoço com líderes africanos. No encontro, realizado esta quarta-feira à margem da 72.ª Assembleia-Geral da ONU, em Nova Iorque, Donald Trump repetiu o erro. Os utilizadores das redes sociais não perdoaram mais este "lapso" do chefe de Estado norte-americano.

  • Ambiente e direitos humanos dominam discurso de Costa na ONU
    2:03
  • Yoko Ono obriga limonada "John Lemon" a mudar de nome

    Cultura

    A viúva do Beatle John Lennon ameaçou processar uma empresa de bebidas polaca por causa da limonada "John Lemon". Yoko Ono não terá gostado do trocadilho entre Lennon e Lemon (limão, em inglês) e quer ver toda e qualquer garrafa com este rótulo retirada do mercado.

  • Troca de argumentos entre Medina e Cristas marca campanha em Lisboa
    2:34