sicnot

Perfil

Desporto

Petit deixa de ser treinador do Tondela

(Arquivo)

Lusa

O Tondela anunciou esta segunda-feira a rescisão de contrato com o treinador Petit, que deixa o clube "beirão" na 18.ª e última posição da I Liga de futebol.

Em comunicado, o Tondela informa que o orientador português tinha pedido a sua demissão no final do jogo de domingo, que o Tondela perdeu em casa por 2-1 com o Arouca, em jogo da 16.ª jornada.

"Apesar de alguma resistência e ponderação, a gerência da Tondela entendeu aceitar a pretensão de Petit que deixa, com efeitos imediatos, de ser o treinador principal do Tondela", explicou.

Petit assumiu o comando técnico do Tondela faz hoje precisamente 13 meses, tendo ajudado a assegurar a permanência do clube "beirão" na I Liga de futebol em ano de estreia.

Em meados de maio do ano passado, após ter garantido a manutenção, Petit tinha renovado contrato com o Tondela por duas épocas, até 2018.

"O Tondela lembrará para sempre o trabalho do técnico ao longo do último ano, de onde evidentemente se ressalva a campanha de sucesso que guiou o Tondela à manutenção, e deseja-lhe os maiores e mais sinceros votos de sucessos pessoais e profissionais no prosseguimento da sua carreira. Petit será sempre um orgulhoso auriverde", refere ainda a nota do clube.

Lusa

  • Confirmados dois novos casos de legionella

    Legionella

    Dois novos casos de legionella foram esta quarta-feira confirmados. A informação foi avançada em comunicado pela Direção-Geral da Saúde. Tratam-se de duas pessoas com mais de 80 anos, internadas no Hospital São Francisco Xavier e no Egas Moniz, ambas em situação clínica estável.

  • Quem é o novo Presidente do Zimbabué?
    2:15

    Mundo

    Emmerson Mnangagwa é o sucessor de Robert Mugabe que regressou esta quarta-feira da África do Sul, onde estava refugiado. No primeiro discurso, o Presidente do Zimbabué falou de uma nova democracia no país. Mnangagwa, conhecido como crocodilo, é suspeito de atrocidades na guerra civil pós-independência. 

  • Diminuem as hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino
    3:09

    Mundo

    As hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino, desaparecido há 8 dias, começaram a diminuir, uma vez que o chamado "tempo de segurança" já foi ultrapassado. A Marinha portuguesa está a acompanhar o caso do submarino que está desaparecido há oito dias. As hipóteses de salvar os tripulantes vão diminuindo.

  • Comprar um carro em segunda mão sem ser enganado 
    8:44
  • O que aprendemos com secas anteriores?
    32:50