sicnot

Perfil

Desporto

Rússia garante que país está entre os mais limpos do mundo em matéria de doping

© Maxim Shemetov / Reuters

Os responsáveis pelo desporto na Russia garantiram hoje que o país "está entre os mais limpos" no que diz respeito ao doping, depois de algumas nações terem pedido a exclusão de atletas russos de competições internacionais.

Durante uma reunião de agências antidoping nacionais, 19 pediram que a Rússia seja proibida de organizar eventos desportivos internacionais, medida que, a verificar-se, poderia comprometer a realização do Mundial de futebol 2018.

O vice-primeiro ministro russo, Vitaky Mutko, que tutela o desporto, acusou as agências de se imiscuírem em questões políticas e garantiu que o desporto russo está "entre os mais limpos do mundo".

A Rússia vive há mais de um ano mergulhada num escândalo de doping, que afastou vários atletas dos Jogos Olímpicos Rio2016, por decisão das federações de modalidade, e impediu o país de estar representado nos Jogos Paralímpicos Rio2016.


  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.