sicnot

Perfil

Desporto

Guardiola preocupado com condição física de Kompany

© / Reuters

Pep Guardiola, o treinador do Manchester City, admitiu esta sexta-feira que não tem a certeza se Vincent Kompany, capitão da equipa inglesa de futebol, de 30 anos, vai conseguir voltar a estar na melhor condição física.

"Eu não sei, é uma boa questão. Não é a primeira vez que falamos sobre isso", disse Guardiola quando questionado acerca do futuro de Kompany.

Kompany está recuperado da lesão no joelho que o afastou dos relvados durante oito semanas, aquela que foi a 35.ª lesão do defesa-central desde que foi para os 'citizens', em 2008.

O técnico espanhol não nega que o jogador, que também é capitão da seleção belga, "tem uma enorme qualidade", mas considera que o jogador pode "precisar de algum tempo para voltar a atingi-la".

"Ele [Kompany] tem uma mentalidade forte e sabe o que precisa de fazer, por isso espero que ele não se pressione demasiado. Só tem que ser o defesa que sabe ser", sublinhou Guardiola.

O internacional belga salientou que se sente capaz de recuperar a sua capacidade física e desfrutar do resto da época sem interrupções. Kompany espera agora pela decisão de Guardiola, que tem duas semanas para escolher os jogadores que vão disputar os próximos jogos das eliminatórias da Liga dos Campeões.

Lusa

  • Parabéns! Portugal faz hoje 839 anos

    País

    É dia de cantar os parabéns. Portugal celebra esta quarta-feira 839 anos, depois de a 23 de maio de 1179 o Papa Alexandre III ter emitido a bula "Manifestis Probatum" onde reconhece o território como reino independente.

    SIC

  • Cachalote-pigmeu morreu pouco tempo depois de dar à costa em Lisboa
    1:13
  • Presidente da República apoia reforma "quanto antes" do Tribunal de Contas
    1:13

    País

    O Presidente da República defendeu esta manhã uma reforma do Tribunal de Contas para que se adeque a lei que prevê o controlo das entidades públicas. Para Marcelo Rebelo de Sousa, se a lei der melhores meios de controlo e for de mais rápida aplicação, vai dissuadir casos de má gestão de dinheiros públicos que acabam por resultar em crimes.

  • PSD compara SNS a um "cenário de guerra", Centeno desdramatiza
    2:44

    Economia

    O ministro das Finanças esteve esta amanhã no Parlamento e voltou a não comprometer-se com aumentos salariais na função pública no próximo ano. Deu mesmo a entender que a medida não é prioritária. A discussão passou também pelo Serviço Nacional de Saúde. Centeno desdramatizou as carências mas o PSD comparou o que s passa a um cenário de guerra.