sicnot

Perfil

Desporto

Silverstone em negociações para manter GP da Grã-Bretanha de F1

© Andrew Boyers / Reuters

Os diretores do circuito de automobilismo de Silverstone revelaram esta sexta-feira a existência de negociações com o Governo britânico para manter o Grande Prémio da Grã-Bretanha em Fórmula 1 depois de 2019.

A prova é presença constante no calendário da Fórmula 1 desde 1950 e existe um acordo com a competição, desde 2010, para aí se manter até 2027, mas o British Racing Drivers' Club, dono do circuito, equaciona ativar uma cláusula de rescisão do contrato em 2019.

As razões para a possível desistência prendem-se com as dificuldades financeiras, uma vez que Silverstone não recebe apoio estatal, o que acontece em vários outros circuitos F1.

Derek Warwick, que lidera o clube, explicou hoje que existem "conversas com o governo para perceber em que podem ajudar".

Também os novos donos da Fórmula 1, o grupo norte-americano Liberty Media, e o director Bernie Ecclestone estão a par das dificuldades através de "várias reuniões" onde mostraram disponibilidade para 'salvar' a prova.

"Sinto que há 'luz ao fundo do túnel' e acho que teremos cá o Grande Prémio depois de 2019", rematou Warwick.

Lusa

  • Mação volta a enfrentar dias de pânico
    3:33
  • Fogo obrigou à evacuação de 6 aldeias do concelho do Sardoal
    1:56

    País

    O incêndio que chegou ao Sardoal obrigou à evacuação de seis aldeias. As pessoas foram encaminhadas para as instalações da Santa Casa da Misericórdia e vão regressando ao longo do dia de hoje. A A23 foi reaberta de madrugada, depois de ter estado várias horas cortada nos dois sentidos .

  • Ministra admite que a maioria dos incêndios começaram por mão humana
    1:57

    País

    A Ministra da Administração Interna admitiu esta quarta-feira que a maioria dos incêndios deste ano começaram por mão humana, mas Constança Urbano de Sousa entende que é cedo para tirar outras conclusões. Já o vice-presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Adelino Gomes, diz que não há duvidas e fala em terrorismo organizado. 

  • Sismo na região de Lisboa sentido num raio de 150km
    3:19