sicnot

Perfil

Desporto

Manchester United e Liverpool empatam em Old Trafford

© Reuters Staff / Reuters

O Manchester United, de José Mourinho, consentiu este domingo um empate em casa frente ao Liverpool, num jogo da 21.ª jornada da liga inglesa de futebol em que se viu a perder na primeira parte.

Os 'red devils' tinham o fator casa do seu lado, mas uma falta imprudente de Paul Pogba -- com o francês a tentar aliviar a bola na marcação de um canto, mas a desviá-la com o braço subido -, permitiu que o Liverpool marcasse, aos 27 minutos, numa grande penalidade convertida por James Milner.

O Manchester United procurou sempre a igualdade e a entrada de Wayne Rooney, logo após o intervalo, ajudou a equipa nas ações ofensivas, mas o empate só chegaria muito perto do final, aos 84.

O lance foi precedido de um cabeceamento ao poste direito de Fellaini e, depois de a bola sobrar para cruzamento de Valência, foi o sueco Ibrahimovic, também de cabeça, a conseguir a igualdade.

O empate deixa o Liverpool no terceiro lugar da 'Premier League', com os mesmos pontos do Tottenham (45) e a sete do líder Chelsea, enquanto o Manchester United perdeu a oportunidade de igualar o Manchester City no quinto lugar.

Os 'citizens' foram hoje 'atropelados' na visita ao Everton, em Goodison Park, também em jogo da 21.ª jornada da liga inglesa de futebol, com a equipa de Pep Guardiola a sair goleada por 4-0.

O candidato ao título, este ano treinado por Guardiola, continua longe de mostrar a regularidade que tem sido apanágio das equipas do técnico espanhol, dominante nas suas passagens pelo Bayern Munique e, sobretudo, FC Barcelona.

Com a derrota de hoje, Guardiola está já a dez pontos do Chelsea, que no sábado venceu no terreno do Leicester (3-0).

Em Goodison Park, o Everton, depois de marcar o primeiro por Lukaku (34 minutos), vestiu o papel que mais gosta: apostar nas transições rápidas, sobretudo com a mobilidade de Lukaku e Mirallas, para resolver o jogo.

O internacional belga fez o primeiro golo e já na segunda parte o seu compatriota Kevin Mirallas (47), Tom Davies (79) e Ademola Lookman (90+4) marcaram os restantes, deixando o City a 'zero', num jogo em que Joel Robles também brilhou na baliza.

Foi um reencontro entre Koeman e Guardiola, dois ícones da história do FC Barcelona, que alinharam na equipa que em 1992 conduziu o 'Barça' ao seu primeiro título de campeão europeu, com golo do defesa holandês.

Lusa

  • Chef russo aconselha bife tártaro aos jogadores portugueses
    1:29