sicnot

Perfil

Desporto

Senegal vence Tunísia na Taça das Nações Africanas

O Senegal tornou-se este domingo a primeira seleção a triunfar na edição 2017 da Taça das Nações Africanas (CAN) de futebol, ao impor-se à Tunísia por 2-0, em jogo da primeira jornada do grupo B.

Em Franceville, Sadio Mane, na conversão de uma grande penalidade, aos 12 minutos e Kara Mbodji, aos 30, garantiram o triunfo dos senegaleses, que assim assumem a liderança do grupo B.

No outro encontro da 'poule' disputado também hoje, Argélia e Zimbabué empataram a dois golos, num jogo no qual Riyad Mahrez, jogador do Leicester, esteve em destaque, ao 'bisar'.

O avançado argelino dos campeões ingleses, recentemente eleito o melhor futebolista africano de 2016, inaugurou o marcador aos 12 minutos, após uma assistência de Islam Slimani, seu companheiro na equipa inglesa e antigo jogador do Sporting.

Num jogo no qual o portista Brahimi foi titular na formação argelina, o Zimbabué chegou ao empate, aos 17 minutos, por Kudakwashe Mahachi, tendo Nyasha Mushekwi colocado os zimbabueanos em vantagem 12 minutos depois, na conversão de uma penalidade.

Riyad Mahrez, que na época passada marcou 17 golos na liga inglesa e foi um dos pilares do inédito título de campeão conquistado pelo Leicester, repôs a igualdade aos 82 minutos.

Na próxima jornada, agendada para quinta-feira, a Argélia defronta a Tunísia e o Senegal joga com o Zimbabué.

No sábado, os dois jogos disputados no primeiro dia da CAN, relativos ao grupo A e que opuseram o Gabão à Guiné-Bissau e o Burkina Faso aos Camarões, terminaram ambos empatados a um golo.

A competição, que decorre até dia 5 de fevereiro no Gabão, prossegue na segunda-feira, com dois encontros da primeira jornada do grupo C.

A Costa do Marfim, que defende o título, joga com o Togo e a República Democrática do Congo defronta Marrocos.

Lusa

  • Passos explica porque se irritou com Costa
    0:42

    Economia

    Depois das imagens em que surgiu visivelmente irritado com António Costa, no último debate quinzenal, Passos Coelho veio agora explicar porquê. Na discussão com o primeiro-ministro, o líder do PSD não gostou que Costa tivesse insinuado que a fuga de 10 mil milhões de euros para offshores tenha ocorrido por inação do Governo anterior.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.