sicnot

Perfil

Desporto

Treinador do Atlético Goianense está desaparecido

O treinador Marcelo Cabo está desaparecido desde a madrugada de domingo, revelou esta segunda-feira o seu clube, o Atlético Goianense, da primeira divisão do futebol brasileiro.

O clube anunciou que denunciou hoje na Delegacia Regional de Investigações policiais o desaparecimento do técnico, que no ano passado levou o Atlético Goianense ao campeonato principal.
Cabo, de 50 anos, orientou no sábado a sua equipa no primeiro jogo da pré-temporada, e posteriormente esteve num convívio com amigos.

Ao regressar a casa em Goiânia, capital do estado de Goiás, no centro do Brasil, o técnico telefonou ao filho, por volta das 02.40 horas locais, para falar de assuntos de família, sendo apanhado pelas câmaras de segurança do edifício onde vive a sair novamente de casa.

"Saiu com o seu carro e desde então não temos mais informações. Estava sozinho, segundo as imagens do circuito de segurança.

Acreditamos que foi a um lugar próximo, porque deixou o telefone a carregar e a sua carteira em casa", detalhou o coronel da Polícia Militarizada e conselheiro do clube, Wellington de Urzêda.

O responsável policial assegurou que nenhuma hipótese está descartada e sublinhou que Cabo leva uma vida tranquila.

"É uma pessoa de hábitos. Ou estava no Atlético Goianense, ou na igreja ou no seu apartamento. A sua vida é de uma rotina muito correta e, por isso, estranhamos muito o que está a acontecer. Não usa drogas nem tem uma vida dupla. Esperamos que não tenha acontecido nada de mal", completou o coronel Urzêda.

Natural do Rio de Janeiro, Cabo começou a sua carreira como treinador em 2004 no modesto Bangú. Posteriormente, foi adjunto de Marcos Paquetá na seleção de Arábia Saudita e do ex-internacional Jorginho no Figueirense, assim como 'olheiro' da seleção brasileira durante a primeira etapa no banco de Dunga.

Depois de treinar o Al-Nasr e o Al-Arabi, no Kuwait, voltou ao Brasil, onde iniciou uma trajetória por várias equipas modestas até assinar pelo Atlético Goianiense, em maio de 2016.

Com o 'Dragão', proclamou-se campeão da Serie B do Brasil a três jornadas do final, com 22 vitórias, dez empates e seis derrotas, conquistando o título de maior importância na história do clube.

Lusa

  • Assalto à base militar de Tancos
    0:42

    País

    Várias granadas e munições foram roubadas dos paióis da base militar de Tancos. A Polícia Judiciária Militar já está a investigar.

  • Detido antigo diretor regional do BES na Madeira

    Queda do BES

    Foi detido o antigo diretor do Banco Espírito Santo da Madeira, no âmbito do chamado processo ao Universo GES. João Alexandre Silva tinha sido também o representante do BES na Venezuela, onde a instituição portuguesa abriu várias agências em diversas cidades e tinha cerca de 7600 clientes domiciliados.

    Notícia SIC

  • Couves, arroz integral e bróculos biológicos com pesticidas sintéticos
    2:29
  • ASAE apreende leite com água oxigenada para fabrico de queijo

    Economia

    A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu leite com água oxigenada, destinado ao fabrico de queijo. As investigações decorreram nos últimos dois meses e foram dirigidas a vários produtores de leite. As investigações iniciaram-se com a deteção de uma viatura para transporte do leite sem qualquer sistema de refrigeração.

  • Crise na Venezuela faz aumentar casos de desnutrição infantil
    2:13
  • Mulher mata namorado em brincadeira com arma no Youtube

    Mundo

    Uma mulher do Minnesota, nos EUA, está a ser acusada de disparar mortalmente sobre o namorado quando ambos faziam um vídeo para publicar no Youtube. Monaliza Perez, de 20 anos, foi detida depois de disparar sobre Pedro Ruiz, que segurava um livro junto ao seu peito, confiante que seria o suficiente para parar a bala.

  • Comissão Europeia adota plano contra resistência a antibióticos

    Mundo

    A Comissão Europeia adotou, hoje, um plano para combater a resistência aos antibióticos, uma ameaça que mata anualmente 25 mil pessoas na União Europeia (UE) e custa 1,5 mil milhões de euros. Em paralelo ao plano, apresenta ainda regras para um "uso prudente de antibióticos".