sicnot

Perfil

Desporto

Treinador do Atlético Goianense está desaparecido

O treinador Marcelo Cabo está desaparecido desde a madrugada de domingo, revelou esta segunda-feira o seu clube, o Atlético Goianense, da primeira divisão do futebol brasileiro.

O clube anunciou que denunciou hoje na Delegacia Regional de Investigações policiais o desaparecimento do técnico, que no ano passado levou o Atlético Goianense ao campeonato principal.
Cabo, de 50 anos, orientou no sábado a sua equipa no primeiro jogo da pré-temporada, e posteriormente esteve num convívio com amigos.

Ao regressar a casa em Goiânia, capital do estado de Goiás, no centro do Brasil, o técnico telefonou ao filho, por volta das 02.40 horas locais, para falar de assuntos de família, sendo apanhado pelas câmaras de segurança do edifício onde vive a sair novamente de casa.

"Saiu com o seu carro e desde então não temos mais informações. Estava sozinho, segundo as imagens do circuito de segurança.

Acreditamos que foi a um lugar próximo, porque deixou o telefone a carregar e a sua carteira em casa", detalhou o coronel da Polícia Militarizada e conselheiro do clube, Wellington de Urzêda.

O responsável policial assegurou que nenhuma hipótese está descartada e sublinhou que Cabo leva uma vida tranquila.

"É uma pessoa de hábitos. Ou estava no Atlético Goianense, ou na igreja ou no seu apartamento. A sua vida é de uma rotina muito correta e, por isso, estranhamos muito o que está a acontecer. Não usa drogas nem tem uma vida dupla. Esperamos que não tenha acontecido nada de mal", completou o coronel Urzêda.

Natural do Rio de Janeiro, Cabo começou a sua carreira como treinador em 2004 no modesto Bangú. Posteriormente, foi adjunto de Marcos Paquetá na seleção de Arábia Saudita e do ex-internacional Jorginho no Figueirense, assim como 'olheiro' da seleção brasileira durante a primeira etapa no banco de Dunga.

Depois de treinar o Al-Nasr e o Al-Arabi, no Kuwait, voltou ao Brasil, onde iniciou uma trajetória por várias equipas modestas até assinar pelo Atlético Goianiense, em maio de 2016.

Com o 'Dragão', proclamou-se campeão da Serie B do Brasil a três jornadas do final, com 22 vitórias, dez empates e seis derrotas, conquistando o título de maior importância na história do clube.

Lusa

  • William e Kate apresentam o filho ao mundo
    1:42
  • Marcelo defende debate alargado sobre saúde
    0:57

    País

    O Presidente da República defende que um debate profundo sobre o futuro da saúde deve envolver todos os intervenientes políticos. Para Marcelo Rebelo de Sousa quanto mais partidos estiverem envolvidos na discussão, melhor.

  • Governo apresenta medidas que privilegiam arrendamento e reabilitação
    1:16

    País

    O Governo apresentou esta tarde um novo pacote de medidas para a habitação. Trata-se de uma visão que privilegia o arrendamento e a reabilitação como formas de garantir o acesso a todas as famílias a uma habitação adequada. O primeiro-ministro diz que é preciso segurança nos contratos de arrendamento e avança por isso como uma proposta de benefícios.

  • Salah Abdeslam e cúmplice condenados a 20 anos por tentativa de assassínio de cariz terrorista
    1:11

    Mundo

    O único suspeito vivo dos ataques de Paris em 2015 foi esta segunda-feira condenado a 20 anos de prisão por um tribunal belga, num processo paralelo, que remete para o momento em que foi detido em Bruxelas, em março de 2016. Salah Abdeslam e um cúmplice foram considerados culpados de tentativa de assassínio de cariz terrorista pela participação numa troca de tiros com a polícia belga da qual resultaram três agentes feridos. 

  • Beyoncé e a irmã caem no Coachella e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC