sicnot

Perfil

Desporto

Treinador do Atlético Goianense está desaparecido

O treinador Marcelo Cabo está desaparecido desde a madrugada de domingo, revelou esta segunda-feira o seu clube, o Atlético Goianense, da primeira divisão do futebol brasileiro.

O clube anunciou que denunciou hoje na Delegacia Regional de Investigações policiais o desaparecimento do técnico, que no ano passado levou o Atlético Goianense ao campeonato principal.
Cabo, de 50 anos, orientou no sábado a sua equipa no primeiro jogo da pré-temporada, e posteriormente esteve num convívio com amigos.

Ao regressar a casa em Goiânia, capital do estado de Goiás, no centro do Brasil, o técnico telefonou ao filho, por volta das 02.40 horas locais, para falar de assuntos de família, sendo apanhado pelas câmaras de segurança do edifício onde vive a sair novamente de casa.

"Saiu com o seu carro e desde então não temos mais informações. Estava sozinho, segundo as imagens do circuito de segurança.

Acreditamos que foi a um lugar próximo, porque deixou o telefone a carregar e a sua carteira em casa", detalhou o coronel da Polícia Militarizada e conselheiro do clube, Wellington de Urzêda.

O responsável policial assegurou que nenhuma hipótese está descartada e sublinhou que Cabo leva uma vida tranquila.

"É uma pessoa de hábitos. Ou estava no Atlético Goianense, ou na igreja ou no seu apartamento. A sua vida é de uma rotina muito correta e, por isso, estranhamos muito o que está a acontecer. Não usa drogas nem tem uma vida dupla. Esperamos que não tenha acontecido nada de mal", completou o coronel Urzêda.

Natural do Rio de Janeiro, Cabo começou a sua carreira como treinador em 2004 no modesto Bangú. Posteriormente, foi adjunto de Marcos Paquetá na seleção de Arábia Saudita e do ex-internacional Jorginho no Figueirense, assim como 'olheiro' da seleção brasileira durante a primeira etapa no banco de Dunga.

Depois de treinar o Al-Nasr e o Al-Arabi, no Kuwait, voltou ao Brasil, onde iniciou uma trajetória por várias equipas modestas até assinar pelo Atlético Goianiense, em maio de 2016.

Com o 'Dragão', proclamou-se campeão da Serie B do Brasil a três jornadas do final, com 22 vitórias, dez empates e seis derrotas, conquistando o título de maior importância na história do clube.

Lusa

  • Manuel Delgado demitiu-se devido a "grave violação da privacidade"

    País

    O ex-secretário de Estado da Saúde diz que apresentou a demissão para "não perturbar nem criar qualquer tipo de embaraço ao normal funcionamento do Governo". Num comunicado, Manuel Delgado esclarece que foi remunerado pelo trabalho de consultor na Raríssimas "muito antes" da entrada no Governo e acrescenta que respeitou na íntegra todo o quadro legal e ético.

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55

    Economia

    Os trabalhadores independentes vão descontar menos para a Segurança Social já no próximo ano. A taxa vai descer dos 29,6% por cento para os 21,4%. A descida será compensada por um aumento das contribuições pagas pelos patrões. Há também alterações em caso de desemprego e o subsídio de doença passa a ser pago ao fim de 10 dias em vez de 31.

  • Tripulantes da TAP acusam companhia de desrespeitar compromissos
    3:16

    Economia

    O Sindicato que representa os tripulantes da TAP acusa a empresa de estar a violar a lei. A companhia aérea portuguesa denunciou unilateralmente o acordo de empresa com os tripulantes e apresentou novas condições, que o sindicato considera indignas. Diz que os tripulantes fizeram esforços pela companhia no verão e que agora estão a ser desrespeitados.

  • Uma "Árvore da Esperança" pelas vítimas dos fogos
    2:01
  • Bebé nasce com coração fora do peito e sobrevive
    2:06
  • Zapatou volta a eleger os melhores vídeos da internet
    6:28