sicnot

Perfil

Desporto

Guarda-redes El Hadary é o mais velho de sempre a disputar a CAN

© Amr Dalsh / Reuters

O guarda-redes Essam El Hadary, da seleção do Egito, tornou-se esta terça-feira, com 44 anos, no jogador mais velho a atuar na fase final de uma Taça das Nações Africanas (CAN) de futebol, destronando o seu compatriota Hossam Hassan.

Em Port-Gentil, no Gabão, em jogo da primeira jornada do Grupo D frente ao Mali, El Hadary entrou em campo aos 25 minutos, para render o lesionado El Shennawy, e passou a ser o mais velho de sempre a competir numa CAN.

O guarda-redes egípcio, que completou 44 anos no último domingo, ultrapassou o recorde de Hossam Hassan, que detinha esse "estatuto" desde 2006, com 39 anos, cinco meses e 24 dias de idade. Mesmo assim, o antigo avançado continuam como o jogador de campo mais velho a disputar uma CAN.

El Hadary já conquistou por quatro vezes a mais importante competição africana de seleções.

Lusa

  • Autópsia à mulher baleada pela PSP contradiz agentes
    1:28

    País

    A mulher que morreu acidentalmente durante uma perseguição da PSP terá sido baleada no pescoço e o trio terá sido disparado por trás. Entretanto, segundo a imprensa, a PJ ainda não encontrou vestígios do tiroteio, entre os assaltantes do multibanco de Almada e a PSP.

  • Marinha dos EUA considera "absolutamente inaceitável" desenho de um pénis no céu

    Mundo

    Os cidadãos do Condado de Okanogan, em Washington, foram surpreendidos esta quinta-feira com o contorno de um pénis no céu. A imagem resultou de um rasto de condensação deixado por um avião militar norte-americano. A Marinha confirmou que um dos seus pilotos tinha desenhado a figura no ar e defendeu que a situação era "absolutamente inaceitável".