sicnot

Perfil

Desporto

João Sousa eliminado do Open da Austrália após "maratona" de mais de três horas

IAN LANGSDON

O tenista português João Sousa, 37.º do "ranking" mundial foi esta terça-feira eliminado pelo australiano Jordan Thompson, 76.º do circuito, na primeira ronda do Open da Austrália, primeiro "Grand Slam" do ano.

No segundo confronto entre os dois jogadores no "major" australiano, depois de se terem defrontado, também na ronda inaugural, na edição de 2015, Thompson "desforrou-se" da derrota de há dois anos com um triunfo por cinco "sets".

Depois de ter perdido os dois primeiros parciais para o número um português, Thompson deu a volta ao resultado e passou para a segunda ronda com um triunfo por 6-7 (2-7), 4-6, 6-3, 6-2 e 6-1, após uma "maratona" de três horas e 21 minutos.

Esta foi a sétima vez que João Sousa esteve nos "courts" de Melbourne, a quinta no quadro principal. Neste percurso, foi a segunda vez que "travou" logo na primeira eliminatória.

Com este desaire, o quadro de singulares masculinos ficou sem portugueses, já que Gastão Elias, 77.º do circuito, foi afastado na segunda-feira, primeiro dia do Open da Austrália, pelo australiano Nick Kyrgios, 13.º da hierarquia.

Jordan Thompson apurou-se pela primeira vez na carreira para a segunda eliminatória do Open da Austrália, ele que já tinha tentando, em outras três oportunidades, sem sucesso, vencer um encontro do quadro principal.

Na segunda ronda, Jordan Thompson vai defrontar o austríaco Dominic Thiem, oitavo do "rranking" mundial.

Lusa

  • António Costa evita perguntas sobre estágios não remunerados
    1:55
  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.