sicnot

Perfil

Desporto

Barcelona vence Real Sociedad e quebra jejum de 10 anos

© Vincent West / Reuters

Um golo do internacional brasileiro Neymar, na conversão de um penálti, aos 21 minutos, assegurou o triunfo dos catalães frente à Real Sociedad, para a Taça do Rei. Um triunfo em Anoeta que não acontecia há 10 anos.

Pela equipa catalã alinhou o internacional português André Gomes, que não foi titular, mas entrou em campo logo após o intervalo a render Andrès Iniesta.

No outro jogo hoje realizado dos quartos de final, o Atlético de Madrid também deu um passo importante rumo às meias-finais ao vencer de forma concludente, por 3-0, o Eibar, em jogo da primeira mão.

Na quarta-feira, o Real Madrid perdeu em casa com o Celta de Vigo por 2-1, enquanto o Alavés foi vencer a casa do Alcorcon, do terceiro escalão, por 2-0.

Os jogos da segunda mão realizam-se nos próximos dias 25 e 26 de janeiro.

Lusa

  • Os 36 golos dos 16 avos da Liga Europa

    Liga Europa

    A jornada europeia ficou marcada, no panorama das equipas portuguesas, pelo apuramento do Sporting e pela eliminação do Sporting de Braga. Os leões passam assim a ser o único clube luso em prova na Liga Europa. Nos oitavos de final, o emblema de Alvalade pode encontrar adversários como o Arsenal, o Atlético de Madrid ou o AC Milan. O sorteio realiza-se esta sexta-feira, ao meio-dia. Aqui, veja ou reveja todos os golos da segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa.

  • Coreia do Norte acusa Guterres de ser subordinado dos EUA

    Mundo

    A Coreia do Norte criticou esta quinta-feira o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, por apoiar sanções para pressionar o país a entrar em negociações com os Estados Unidos sobre a desnuclearização, referindo que tem atuado como um subordinado.

  • Não dá mais, Brasil!
    18:00
  • Escolas da Portela e Moscavide degradadas e com amianto
    3:00
  • O estranho caso do mergulhador Alejandro Ramos

    Mundo

    O mergulhador Alejandro Ramos tornou-se num caso de investigação do Centro Médico Naval do Peru, depois do seu corpo ter começado a inchar sem qualquer explicação aparente. Isto aconteceu há quatro anos, minutos depois de ter emergido da água, onde tinha estado a trabalhar durante muitas horas.

    SIC