sicnot

Perfil

Desporto

Adepto do Bastia envolvido em insultos racistas a Balotelli "entregou-se" ao clube

© Jean-Paul Pelissier / Reuters

Um dos adeptos do Bastia que na sexta-feira proferiu insultos racistas contra o futebolista Mario Balotelli, do Nice, "entregou-se", anunciou esta quarta-feira o clube da Córsega, garantido que o homem está impedido de entrar no estádio Armand Cesari.

Segundo o Bastia, o adepto assumiu a culpa depois de um apelo lançado na comunicação social após a divulgação das imagens dos insultos proferidos contra o internacional italiano.

Em comunicado, o clube refere que o adepto já lamentou a sua atitude e garante que o mesmo já foi informado da proibição de entrar no estádio, no qual tinha lugar cativo.

Imagens transmitidas pela estação televisiva BeIN Sports, entretanto remetidas à comissão disciplinar da liga francesa de futebol, mostram alguns adeptos do Bastia a proferir insultos racistas a Mario Balotelli.

No domingo, a liga francesa "condenou com a maior firmeza os autores" de insultos racistas ao avançado italiano do Mario Balotelli reagiu aos incidentes na rede social Instagram.

"É normal que os adeptos do Bastia façam barulhos de macaco, com "uh uh", durante todo o jogo e ninguém da comissão disciplinar diga nada? O racismo é legal em França? Ou apenas em Bastia?", questionou o avançado italiano, que é descendente de imigrantes ganeses.

Lusa

  • "A nossa lei tem demasiados buracos"
    0:44

    País

    Rui Cardoso acusa a classe política de não querer resolver os problemas da corrupção em Portugal. Entrevistado na Edição da Noite da SIC Notícias o magistrado do Ministério Público considera que ainda há um longo caminho a percorrer no combate à corrupção.

  • Salah Abdeslam deixa cadeira vazia na leitura da sua sentença
    2:05

    Mundo

    O único suspeito vivo dos ataques de Paris em 2015 foi esta segunda-feira condenado a 20 anos de prisão por um tribunal belga, num processo paralelo: um tiroteio em março de 2016, em Bruxelas. Tanto Salah Abdeslam como o cúmplice não quiseram estar na leitura da sentença. O julgamento de Salah Abdeslam pelos ataques de Paris só deverá acontecer no próximo ano, em França.

  • Beyoncé e a irmã caem e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC

  • Cientistas querem sequenciar genomas de 15 milhões de espécies

    Mundo

    Um consórcio internacional de cientistas, que por enquanto não inclui portugueses, propõe-se sequenciar, catalogar e analisar os genomas (conjuntos de informação genética) de 15 milhões de espécies, uma tarefa que levará dez anos a fazer, foi divulgado esta segunda-feira.