sicnot

Perfil

Desporto

Braga e Setúbal decidem primeiro finalista da Taça da Liga

HOMEM DE GOUVEIA / Lusa

Sporting de Braga e Vitória de Setúbal, terceiro e oitavo classificados do campeonato, decidem esta quarta-feira o primeiro finalista da Taça da Liga portuguesa de futebol, ao defrontarem-se no primeiro jogo das meias-finais, no Estádio do Algarve.

Setubalenses e bracarenses são os únicos clubes que se intrometeram no domínio quase absoluto do Benfica, que venceu sete das nove edições da prova e também está na corrida pelo título desta época, pois defronta o Moreirense na outra meia-final, na quinta-feira, no mesmo recinto.

O Setúbal foi mesmo o primeiro vencedor da competição, em 2008, quando se impôs na final ao Sporting, enquanto o Braga conquistou o seu único troféu em 2013, graças ao triunfo sobre o FC Porto, o que significa que o Benfica saiu vitorioso sempre que atingiu o jogo decisivo.

As duas equipas conheceram sortes diferentes na última jornada da I Liga: os "arsenalistas" perderam o "clássico" minhoto com o Vitória de Guimarães (2-1), mas mantiveram o terceiro lugar, enquanto os sadinos venceram pela mesma margem no estádio do Belenenses e subiram ao oitavo posto.

Para o jogo desta quarta-feira, com início às 20:45 horas e que será arbitrado por Carlos Xistra, da Associação de Futebol de Castelo Branco, o Braga não poderá contar com vários jogadores influentes, casos do defesa Velázquez, suspenso, e Wilson Eduardo e Marcelo Goiano, ambos lesionados.

Lusa

  • Google anuncia alterações para combater notícias falsas

    Mundo

    A Google vai utilizar as observações dos utilizadores e de avaliadores sobre os resultados das pesquisas para introduzir "melhorias" no seu algoritmo e combater o fenómeno das notícias falsas, anunciou a empresa no seu blogue corporativo.

  • As diferentes faces de Maria
    4:45

    Mundo

    Qual é a imagem de Nossa Senhora que vem à sua mente quando o nome da Virgem católica é mencionado? Uma exposição numa cidade do interior do Brasil mostra que a Mãe de Jesus pode ter várias faces.

    Correspondente SIC