sicnot

Perfil

Desporto

Jesus diz que Markovic não se adaptou à velocidade do Sporting

Jorge Jesus admitiu esta quarta-feira, em entrevista à Sporting TV, que o futebolista sérvio Lazar Markovic acusou a falta de ritmo competitivo na sua passagem pelo Sporting, não se adaptando à ideia da equipa.

"Trabalhei com o Markovic um ano. Quando surgiu a oportunidade de vir para o Sporting, eu e o presidente falámos.

O Markovic já não jogava há um ano e meio. Fez meia dúzia de jogos no Fenerbahçe e lesionou-se. Teve alguma dificuldade de apanhar a velocidade e a ideia da equipa", analisou o treinador dos 'leões'.

Para o técnico, o sérvio, que esta semana deixou o Sporting para ir jogar até ao final da temporada no Hull City, treinado por Marco Silva, teve outro problema. "O Gelson estava a fazer um campeonato espetacular, do outro lado o Bryan também.

Estes problemas fizeram com que não se afirmasse. Veio de uma equipa grande, o Liverpool, a pensar que jogava. Não jogou, não digo que se tenha desmotivado, mas percebeu que não jogava e que era melhor procurar outro caminho", completou.

Na entrevista ao canal do clube da Alvalade, Jorge Jesus voltou a frisar que abandonar o Sporting está "fora de questão" e negou qualquer incompatibilidade com o presidente Bruno de Carvalho, salientando que os dois têm uma boa relação de trabalho.

O técnico recusou-se também a atirar a toalha quanto à aspiração de ser campeão nacional, prometendo que, "enquanto matematicamente for possível", o Sporting vai continuar a acreditar e apoiou-se nos erros de arbitragem para explicar os dez pontos de desvantagem para o Benfica, que lidera a I Liga."Vim para o Sporting para ser campeão.

Podia ter sido no primeiro ano, este ano não estamos a disputar o primeiro lugar, mas estamos a correr de baixo para cima. Não estamos a passar um bom período, por algumas culpas nossas, mas sobretudo de outra equipa, que nos colocou duvidosos.

Quando hoje não ganhamos, os adeptos também duvidam de nós.

E isso cria instabilidade. Temos que continuar a acarinhar os jogadores, porque é com eles que vamos sair daqui", defendeu.Jesus mostrou-se ainda favorável à introdução da tecnologia do vídeo árbitro, considerando que caso esta já estivesse em funcionamento a situação pontual dos 'leões', quartos classificados do campeonato nacional, com 35 pontos, seria diferente.

Lusa

  • As confissões de Sérgio Conceição: do futuro no FC Porto à zanga com Rui Vitória 
    43:14
  • Parceiros sociais retomam hoje discussão sobre legislação laboral

    Economia

    Os parceiros sociais retomam esta tarde a discussão sobre as alterações à legislação laboral nas áreas do combate à precariedade, promoção da negociação coletiva e reforço da inspeção do trabalho. No encontro, marcado para as 15:00 no Conselho Económico e Social (CES), em Lisboa, o ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva, deverá apresentar um novo documento com alterações face ao que foi proposto aos parceiros sociais há dois meses.

  • Marcelo descobre que vê mal "ao longe à esquerda"
    2:05

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa recebeu uma declaração dos médicos contra a despenalização da eutanásia. A audiência ao atual bastonário e cinco antecessores acontece a uma semana do tema ir a debate no Parlamento, e no dia em que o Presidente da República foi a estrela do Dia da Segurança Infantil. Marcelo aproveitou para fazer um rastreio à visão e concluiu que tem que estar "atento", à esquerda, ao longe".

  • PS "vai ficar em banho-maria durante anos" por causa de Sócrates
    0:59

    País

    Miguel Sousa Tavares considera que o PS vai ficar em "banho-maria" durante anos por causa de José Sócrates. Em entrevista na SIC Notícias, o comentador criticou os dirigentes socialistas pela forma como se tentaram demarcar do ex-primeiro-ministro e disse que António Costa devia ter tomado uma atitude mais concreta.

  • Sabia que pode emprestar dinheiro a empresas e ganhar 7% em juros por ano?
    8:05
  • É desta que provam a existência do monstro de Loch Ness?

    Mundo

    Para muitos, o monstro de Loch Ness não passa de uma lenda. A verdade é que a existência ou não desta criatura mística continua a suscitar debates entre aqueles que acreditam e os cépticos. Uma equipa internacional de investigadores quer responder finalmente à questão através da recolha de ADN ambiental do Loch Ness, na Escócia.

    SIC