sicnot

Perfil

Desporto

Ronaldo diz que guerra com Messi faz parte do "negócio do futebol"

Arquivo

© Eric Gaillard / Reuters

O internacional português Cristiano Ronaldo disse que a "guerra" com o argentino Lionel Messi, com quem repartiu o título de melhor futebolista mundial nos últimos nove anos, é uma criação do "negócio do futebol".

"Para mim, essa guerra não existe (...). Faz parte do negócio do futebol. Somos dois grandes jogadores", disse Ronaldo em entrevista ao diário chinês Dongqiudi, que distinguiu o avançado do Real Madrid com o troféu destinado ao melhor jogador de 2016.

Ronaldo, de 31 anos, foi designado quatro vezes melhor futebolista mundial, em 2008, 2013, 2014 e 2016, menos uma do que o avançado do FC Barcelona, que recebeu a Bola de Ouro em 2009, 2010, 2011, 2012 e 2015.

"Jogamos em clubes rivais, mas respeitamo-nos quando nos encontramos. Tenho uma relação normal com ele. As pessoas comparam-nos constantemente, mas isso é normal. Comparam até os nossos filhos, como crescem, que escola frequentam, quem é o mais rápido", observou Ronaldo.

Lusa

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11