sicnot

Perfil

Desporto

A celebração efusiva de Venus Williams no Open da Austrália

A tenista norte-americana Venus Williams garantiu, na última madrugada, uma vaga na final do Open da Austrália, onde vai defrontar a irmã Serena. Um triunfo que foi celebrado de forma efusiva pela nº13 do ranking mundial, com direito a coreografia e tudo.

Na primeira meia-final do torneio feminino de singulares, Venus derrotou a compatriota CoCo Vandeweghe em três 'sets' (6-7, 6-2 e 6-3) e regressou a uma final de torneio do Grand Slam pela primeira vez desde 2009.

Na primeira celebração, a tenista parecia não conseguir encontrar forma de expressar a felicidade que sentia:

Já depois de cumprimentar a adversária, a mais velha das irmãs Williams deu um pézinho de dança no court da Rod Laver Arena, em Melbourne:

As imagens falam por si:

© Thomas Peter / Reuters

© Jason Reed / Reuters

© Jason Reed / Reuters

© Jason Reed / Reuters

© Edgar Su / Reuters

© Issei Kato / Reuters

A conquista de Venus tem ainda maior significado se tivermos em conta que a tenista norte-americana foi diagnosticada, há seis anos, com o síndrome de Sjogren, uma doença auto-imune que afetou a sua capacidade para treinar.

Na conferência de imprensa, Venus Williams deixou bem claro o desejo sobre qual a adversária que preferia encontrar na final do primeiro torneio Grand Slam da temporada: "Daria tudo para ver a minha irmã do outro lado da rede no sábado", uma vontade que se veio a concretizar horas mais tarde, quando Serena, nº2 do mundo, derrotou a croata Mirjana Lucic-Baroni em dois 'sets' (6-2 e 6-3).

© Jason Reed / Reuters

© Jason Reed / Reuters

© Jason Reed / Reuters

Para Serena Williams, "não importa o que venha a acontecer no sábado". A ex-líder do ranking mundial considera que ambas já são vencedoras.

Com esta vitória, Venus tornou-se a tenista mais velha a alcançar a final do Open da Austrália.

As irmãs Williams vão defrontar-se no encontro decisivo de um torneio Grand Slam pela nona vez, com o histórico a ser favorável a Serena, com sete vitórias, contra as duas de Venus:

Um duelo familiar que vai decidir a vencedora do primeiro torneio do Grand Slam da temporada. A grande final está agendada para este sábado, às 19h30 (08h30 em Lisboa).

  • Manchester canta "Don't Look Back in Anger" dos Oasis
    1:11

    Ataque em Manchester

    O Reino Unido cumpriu esta manhã, às 11:00, um minuto de silêncio em homenagem às vítimas do ataque de segunda-feira em Manchester. Nesta cidade britânica, uma mulher começou a cantar a canção dos Oasis "Don't Look Back in Anger" e a multidão logo se juntou, num momento tocante.

  • Mesquita é demasiado pequena para a quantidade de fiéis que há em Lisboa
    1:16
  • Herói de Paris não vai à Rússia
    2:12
  • Mourinho volta a conquistar a Europa

    Liga Europa

    O Manchester United conquistou esta quarta-feira a Liga Europa pela primeira vez. Este foi o quarto título europeu para Mourinho, depois das conquistas da Taça UEFA, em 2002/03, e da Liga dos Campeões, em 2003/04 e 2009/10.

  • Hoje é o dia internacional da criança desaparecida
    1:52

    País

    Assinala-se esta quinta-feira o dia internacional da criança desaparecida, numa altura em que foi conhecido um dado preocupante: há cada vez mais raptos parentais. O Instituto de Apoio à Criança recebe, por dia, 10 pedidos de ajuda.

  • Primatóloga Jane Goodall na Cimeira National Geographic em Lisboa
    3:00