sicnot

Perfil

Desporto

Xavi renova por um ano com o Al-Sadd de Jesualdo Ferreira

© Gustau Nacarino / Reuters

O futebolista espanhol Xavi Hernández, ex-capitão do Barcelona, renovou contrato por um ano com o Al-Sadd, treinado pelo português Jesualdo Ferreira, anunciou esta quinta-feira em comunicado o clube do Qatar.

O clube disse que o médio espanhol, que fez parte da fase de maior sucesso desportivo da seleção espanhola, que culminou com as conquistas dos campeonatos da Europa de 2008 e 2012 e do Mundial de 2010, vai jogar na liga do Qatar até 2018.

"Xavi chegou à equipa na temporada 2015/16 com um contrato de dois anos e, com esta extensão, vai ficar três anos no clube", lê-se no comunicado.

O Al-Sadd é o segundo classificado do campeonato, com menos três pontos do que o líder, o Lekhwiya, a nove jogos do final da época.

Segundo noticiaram os jornais locais na altura, o contrato inicial rendia ao jogador 10 milhões de euros por ano.

Lusa

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11