sicnot

Perfil

Desporto

Iker Casillas doa chuteira e luva autografadas para leilão solidário

"As minhas condolências pelo acidente de avião em que viajava a Chapecoense. É um momento muito duro para o futebol. Muito ânimo e força", futebolista espanhol Iker Casillas, do FC Porto (no Twitter).

© Reuters Staff / Reuters

O guarda-redes espanhol Iker Casillas, do FC Porto, ofereceu esta sexta-feira uma chuteira e uma luva autografadas para um leilão solidário que pretende angariar fundos para a Federação Espanhola de Pais e Crianças com Cancro.

O leilão, que decorre no website de leilões Catawiki entre 27 e 31 de janeiro, visa angariar o maior montante possível para apoiar a investigação da associação espanhola no combate ao cancro infantil.

"Acreditamos que a adesão ao leilão seja elevada" por se tratar de Iker Casillas, "um grande futebolista, com milhares de seguidores em todo o mundo", explicou, no comunicado de imprensa, Alejandro Sánchez, diretor-geral da Catawiki em Portugal.

Lusa

  • Casillas diz que se sente cada vez melhor no FC Porto
    0:54

    Desporto

    Iker Casillas diz que Nuno Espírito Santo é um treinador que sabe ouvir os jogadores e que os respeita. Em entrevista ao Porto Canal, o guarda-redes do FC Porto admite que foi difícil deixar o Real Madrid, mas garante que não se arrepende e diz sentir que o seu rendimento tem estado a um nível cada vez mais alto.

  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC