sicnot

Perfil

Desporto

Jogador deixa Saint-Etienne apenas três dias depois de assinar

O avançado francês Anthony Mounier vai jogar nos italianos da Atalanta, depois dos adeptos 'ultra' do Saint-Etienne terem boicotado a sua permanência no clube, forçando-o a sair apenas três dias após a sua chegada.

O Bolonha, clube ao qual pertence, acertou a cedência ao conjunto gaulês, mas os adeptos, que não esquecem as suas atitudes contra o clube quando este representava o Nice, foram inflexíveis e boicotaram o enlace.

"Mouriner: as nossas cores nunca serão as tuas", escreveram os radicais na tarja que colocaram no centro de estágio, mesmo antes do avançado, de 29 anos, regressar a França, onde chegou a receber ameaças de morte.

Na sua apresentação, manifestou-se "disponível para dar explicações aos adeptos, para que a relação comece bem": "Cometi erros próprios da juventude".Anthony Mounier foi formado pelo eterno rival Lyon, por quem jogou até 2009.

Anos mais tarde, quando alinhava pelo Nice, num jogo do campeonato ganho por 3-2 no último minuto foi apanhado pelas camaras a entoar um cântico com palavras muito ofensivas contra o Saint-Etienne a celebrar o golo.

O clube francês alegou "motivos extradesportivos" para devolver o atleta a Itália."Foi a decisão certa. Às vezes, não devemos ter vergonha de dar um passo atrás", disse o treinador Christophe Galtier, que revelou que Mounier "foi muito bem recebido pelo balneário e equipa técnica".

A Atalanta está em sexto lugar em Itália, enquanto o Bolonha, a cujos quadros pertence, é 12.º.

Lusa

  • Sete dos 23 arguidos do caso da Academia de Alcochete já têm cadastro
    1:59

    Crise no Sporting

    Sete dos 23 arguidos do caso da Academia de Alcochete já foram condenados por 22 crimes que cometeram no passado, mas nunca nenhum deles cumpriu pena de prisão ou prisão domiciliária. O juiz decretou a prisão preventiva na sequência das agressões à equipa do Sporting por entender que se tratou de um comportamento chocante, terrorista e a perversão do espírito desportivo.

  • Está a pensar ir à praia? Não se esqueça do guarda-chuva
    0:43
  • Abate de animais nos canis proibido a partir de setembro
    1:35

    País

    O abate de animais nos canis passa a ser proibido a partir de setembro. Só em 2017, foram mortos cerca de 12 mil cães e gatos, uma média de um abate por hora. O Governo lançou um programa de incentivos financeiros de um milhão de euros, que ainda está a decorrer.

  • Cabazes solidários oferecidos pelo Governo encontrados no lixo
    0:57
  • Colheita da cereja já arrancou no Fundão
    1:54

    País

    A colheita das primeiras cerejas da época já começou no Fundão. A campanha atrasou um mês em relação a anos anteriores, por causa do inverno que se prolongou, mas os produtores garantem que o fruto é de qualidade.