sicnot

Perfil

Desporto

Clubes da liga inglesa gastaram 250M€ na reabertura do mercado de transferências

© Reuters Staff / Reuters

Os vinte clubes da primeira liga inglesa de futebol gastarem 215 milhões de libras (cerca de 250 milhões de euros) na reabertura do mercado de transferências, que encerrou na terça-feira, revela esta quarta-feira um estudo da consultora Deloitte.

De acordo com estes números, trata-se do segundo maior valor gasto pelos clubes do primeiro escalão no mercado de inverno desde 2011.

No total, juntando as transferências operadas para a presente época, no "primeiro mercado", entre julho e agosto, os 20 clubes da primeira liga inglesa investiram 1.400 milhões de libras (mais de 1.600 milhões de euros).

Neste mercado de inverno, a diferença entre gastos e ganhos fixou-se no valor positivo de 40 milhões de libras (quase 47 milhões de euros), a primeira vez que foram anotados lucros.

Segundo Dan Jones, um dos responsáveis pelo departamento de Desporto da Deloitte, estes números positivos deveram-se, sobretudo, "às vendas de Óscar (do Chelsea para o Shanghai SIPG, por 60M€), Dmitry Payet (do West Ham para o Marselha, por 29M€), Odion Ighalo (do Watford para o Changchun Yatai, por 23,2M€) ou Memphis Depay (do Manchester United para o Lyon, por 16M€)".

Dan Jones disse ainda que "estas verbas não surpreendem", tendo em conta "as receitas que os clubes encaixaram com o novo acordo de direitos para as transmissões televisivas".

Clubes que lutam atualmente pela permanência no primeiro escalão, posicionados nos últimos seis lugares da tabela - Hull City, agora treinado por Marco Silva, Sunderland, Crystal Palace, Swansea, o atual campeão Leicester e Middlesbrough - investiram 110 milhões de libras (quase 130 milhões de euros) nesta reabertura do mercado.

Lusa

  • Economia portuguesa a crescer
    2:26
  • Os likes dos candidatos às autárquicas no Facebook
    4:00

    Autárquicas 2017

    Se há mais de 5 milhões de portugueses no Facebook, é natural que as autárquicas também passem pela rede social mais usada no país e no mundo. A SIC apresenta-lhe os 10 candidatos cujas páginas têm mais seguidores e, para a comparação ser mais justa, os que têm mais seguidores em Portugal - porque há também quem estranhamente tenha milhares de fãs em países como Egito, Filipinas ou Vietname.

  • Viver em Évora
    5:11
  • Ano letivo "de uma maneira geral começou bem"

    País

    O Presidente da República considerou esta sexta-feira que o ano letivo "de uma maneira geral começou bem" e defendeu a possibilidade serem feitas "correções" a situações "injustas ou discutíveis" entre os concursos que se realizam de quatro em quatro anos.