sicnot

Perfil

Desporto

Federação Russa divulga 31 atletas que pediram para competir sob bandeira neutra

© Kai Pfaffenbach / Reuters

A Federação Russa de Atletismo divulgou esta quarta-feira o nome de 31 atletas, entre os quais campeões do mundo, que requereram a participarão em provas sob bandeira neutra, devido à suspensão imposta à Rússia na sequência do escândalo de doping.

A Rússia está proibida desde novembro de 2015 pela Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) de participar em competições internacionais da modalidade devido a um escândalo de doping.

O escândalo de doping na Rússia foi conhecido após um relatório do jurista canadiano Richard McLaren, solicitado pela Agência Mundial Antidopagem (AMA), que denunciou um programa institucionalizado de dopagem no país.Ivan Ukhov, campeão olímpico do salto em altura em 2012, Sergei Shubenkov, campeão do mundo dos 110 metros barreiras em 2015, Lukman Adams, campeão do mundo de triplo salto em 2014, e Maria Kuchina, campeã do mundo de salto em altura em 2015, integram a lista divulgada pela federação russa.

Yekaterina Koneva, campeã do mundo de triplo salto em 2014, Svetlana Shkolina, medalha de bronze de salto em altura nos Jogos Olímpicos Londres2012, Anzhelika Sidorova, campeã da Europa de salto em altura em 2014, fazem também parte da lista.

A participação dos atletas sob bandeira neutra terá ainda de ser aprovada pela IAAF e pressupõe que os atletas candidatos não tenham tido nenhum envolvimento no escândalo de doping.Em fevereiro, a IAAF decidirá sobre o levantamento da suspensão da Rússia.

Lusa

  • "A nossa lei tem demasiados buracos"
    0:44

    País

    Rui Cardoso acusa a classe política de não querer resolver os problemas da corrupção em Portugal. Entrevistado na Edição da Noite da SIC Notícias o magistrado do Ministério Público considera que ainda há um longo caminho a percorrer no combate à corrupção.

  • Salah Abdeslam deixa cadeira vazia na leitura da sua sentença
    2:05

    Mundo

    O único suspeito vivo dos ataques de Paris em 2015 foi esta segunda-feira condenado a 20 anos de prisão por um tribunal belga, num processo paralelo: um tiroteio em março de 2016, em Bruxelas. Tanto Salah Abdeslam como o cúmplice não quiseram estar na leitura da sentença. O julgamento de Salah Abdeslam pelos ataques de Paris só deverá acontecer no próximo ano, em França.

  • Beyoncé e a irmã caem e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC

  • Cientistas querem sequenciar genomas de 15 milhões de espécies

    Mundo

    Um consórcio internacional de cientistas, que por enquanto não inclui portugueses, propõe-se sequenciar, catalogar e analisar os genomas (conjuntos de informação genética) de 15 milhões de espécies, uma tarefa que levará dez anos a fazer, foi divulgado esta segunda-feira.