sicnot

Perfil

Desporto

"Fiquei magoado com o presidente do Sporting"

O presidente do Sporting de Braga, António Salvador, disse esta quarta-feira, em entrevista à Sport TV, ter ficado "magoado" com Bruno de Carvalho pela forma como o Sporting chegou a acordo com o futebolista André Pinto.

O líder 'arsenalista' revelou ter recebido uma mensagem do presidente 'leonino' a dar conhecimento da contratação, a partir da próxima época, pelo Sporting do defesa central dos minhotos, que estava em final de contrato com o Braga e que, entretanto, tinha sido relegado para equipa B pelo treinador Jorge Simão, e deu o exemplo de como atuou com o Marítimo na contratação de Dyego Souza, um atleta em idênticas circunstâncias.

"Fiz um telefonema ao presidente do Marítimo e disse-lhe que queria contratar o Fransérgio e que ele tinha um jogador que se não o vendesse até final de janeiro passaria a ser jogador livre. Em vez de perder o Dyego livre, poderia ficar com uma parte do passe. E foi fácil chegar a acordo com o Marítimo. O que outros fizeram ao Braga, através do André Pinto, eu não queria fazer ao Marítimo. Sei o quanto custa e o quando dói", disse.

Revelando ter tentado renovar com André Pinto durante um ano, notou que o Sporting "está no seu legítimo direito porque a lei assim o permite". "Mas, se me pergunta, sim, fiquei magoado com o presidente do Sporting", sublinhou.

Também com o FC Porto houve uma polémica no 'mercado' de janeiro a propósito do médio Assis, tendo António Salvador relembrado que os 'dragões' se envolveram no negócio já depois de um acordo dos bracarenses com o Desportivo de Chaves e o jogador.

"Na altura, recebi um telefonema do presidente do FC Porto [Pinto da Costa] . Ele achava que tinha sido o Braga a colocar uma notícia a circular sobre a pessoa que estava a intermediar o negócio. Disse-lhe que não tinha sido o Braga e que se alguém tinha de estar chateado era o Braga porque já tinha um acordo com o jogador e com o Chaves quando o FC Porto apareceu. Mas da minha parte não há nenhum tipo de problema, acho que da parte dele também não", afirmou.

O dirigente também não ficou satisfeito com o presidente da Câmara Municipal de Braga, nomeadamente com a ausência do autarca da final da Taça da Liga, realizada no Algarve, que o Braga perdeu, no domingo, para o Moreirense (1-0), e com as críticas que Ricardo Rio fez à exibição da equipa, considerando que "faltou atitude" e que "a equipa não esteve à sua altura".
António Salvador referiu não saber "em que sentido" é que essas palavras foram proferidas "porque foram feitas a centenas de quilómetros da final".

"Gostava que ele tivesse estado lá, a apoiar o clube mais representativo da cidade, o maior embaixador da cidade, à semelhança do que fez o seu colega de Guimarães", apontou.

Salvador reforçou o desejo de ser campeão nacional de futebol nos próximos quatro anos, passando o plano por conseguir manter uma equipa base.

"Eu acredito nisso, mas também sei que é muito difícil. Não posso prometer que vou ser campeão, porque no desporto não se pode dizer isso, mas há uma grande ambição de ganhar no clube", afirmou.

Lusa

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.