sicnot

Perfil

Desporto

Frank Lampard anuncia final da carreira e já pensa no futuro como técnico

Reuters

© Stefan Wermuth / Reuters

O futebolista internacional inglês Frank Lampard anunciou esta quinta-feira a sua retirada dos relvados, aos 38 anos, e abriu portas a um futuro como técnico, carreira para a qual prossegue estudos.

"Depois de 21 anos incríveis, decidi que agora é o momento de terminar a minha carreira de futebolista. Entretanto, recebi ofertas entusiasmantes para continuar a jogar, de casa e fora, aos 38, mas entendo que devo começar uma nova etapa", escreveu o jogador na sua conta na rede Instagram.

Instagram

Lampard, um dos mais influentes futebolistas ingleses da sua geração, notabilizou-se largos anos ao serviço do Chelsea, no qual foi treinado por José Mourinho e foi campeão, mas os primeiros passos foram no West Ham, em 1995.

O jogador chegou ao Chelsea em 2001 e esteve nos 'blues' até 2015, assumindo papel de relevo no clube londrino, do qual viria a sair para o Manchester City e ainda antes de experimentar a liga norte-americana, no New York City FC.

"Claro que grande parte do meu coração pertence ao Chelsea, um clube que me deu tantas memórias boas. Nunca esquecerei a oportunidade que me deram e o sucesso que tivemos, o que conquistámos", salientou o jogador.

Frank Lampard deixou também palavras de agradecimento à família, aos amigos e a todos os outros clubes cuja camisola vestiu, mas também à Federação Inglesa de Futebol (FA), através da qual já está a planear o futuro.

"Olhando para a frente estou grato à FA pela oportunidade para estudar na qualificação para treinador e anseio prosseguir com as oportunidades fora do campo, que esta decisão traz", disse ainda.

Lusa

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11