sicnot

Perfil

Desporto

Djibril Cissé anuncia fim da carreira futebolística aos 35 anos

O internacional francês Djibril Cissé, anunciou esta segunda-feira o final da sua carreira futebolística aos 35 anos, depois de ter estado quase duas temporadas sem clube.

"Obrigado a todos pelo vosso apoio. Agora começo uma nova vida", disse o jogador nas redes sociais.

Cissé iniciou a sua carreira futebolística no Arles, cidade do sul de França onde nasceu, tendo depois passado pelo Nimes e pelo Auxerre, até que em 2004 foi transferido para o Liverpool por 20 milhões de euros.

Nos 'reds', sob o comando técnico do espanhol Rafa Benítez, Cissé venceu a Liga dos Campeões em maio de 2005, na final contra o AC Milan. Nos anos seguintes, o jogador francês alinhou em mais nove clubes, de seis países diferentes, entre eles o Marselha (França), Sunderland (Reino Unido), Panathinaikos (Grécia), Lazio (Itália), Kouban Krasnodar (Rússia), Al-Gharafa (Qatar) e Bastia (França).

Pela seleção francesa disputou 41 partidas entre 2002 e 2011, tendo participado nos Mundiais de 2002 e 2010 pelos 'bleus'.

Fora dos relvados, Cissé foi implicado em 2015, juntamente com o atacante do Real Madrid Karim Benzema, no processo de chantagem sobre o futebolista do Lyon Mathieu Valbuena.

Na origem da investigação está um vídeo de cariz sexual alegadamente protagonizado por Valbuena e que terá servido para chantagear o jogador.

Lusa

  • Proteção Civil garante que já não há desaparecidos
    1:40
  • "Depois de sair da autoestrada o vidro do carro ainda estava a ferver"
    2:01
  • "O fogo chegou de repente. Foi um demónio"
    2:15
  • O desabafo de um empresário que perdeu "uma vida inteira de trabalho" no fogo
    2:08
  • O testemunho emocionado de quem perdeu quase tudo
    2:10
  • As comunicações entre operacionais no combate às chamas em Viseu
    2:27
  • Houve "erros defensivos que normalmente a equipa não comete"
    0:38

    Desporto

    No final do jogo, quando questionado sobre a ausência de Casillas no onze do FC Porto, Sérgio Conceição referiu que a equipa apresentada era aquela que lhe oferecia garantias. Quanto ao jogo, o treinador portista reconheceu que a equipa cometeu vários erros defensivos.

  • "Cometemos erros e há que tentar corrigi-los"
    0:41

    Desporto

    No final do jogo em Leipzig, Iván Marcano desvalorizou a ausência de Iker Casillas e entendeu que o facto de o guarda-redes ter ficado no banco não teve impacto na equipa. Já sobre o jogo, o central espanhol garantiu que não correu da forma como os jogadores esperavam.

  • Norte-americana foi à discoteca e tornou-se princesa

    Mundo

    A história de Ariana Austin é quase como um conto de fadas moderno. A jovem vai até ao baile, onde conhece o seu príncipe. Só que a norte-americana foi a uma discoteca e, na altura, não sabia que Joel Makonnen era na verdade um príncipe da Etiópia e que casaria com ele 12 anos depois, tornando-se também ela numa princesa.