sicnot

Perfil

Desporto

Djibril Cissé anuncia fim da carreira futebolística aos 35 anos

O internacional francês Djibril Cissé, anunciou esta segunda-feira o final da sua carreira futebolística aos 35 anos, depois de ter estado quase duas temporadas sem clube.

"Obrigado a todos pelo vosso apoio. Agora começo uma nova vida", disse o jogador nas redes sociais.

Cissé iniciou a sua carreira futebolística no Arles, cidade do sul de França onde nasceu, tendo depois passado pelo Nimes e pelo Auxerre, até que em 2004 foi transferido para o Liverpool por 20 milhões de euros.

Nos 'reds', sob o comando técnico do espanhol Rafa Benítez, Cissé venceu a Liga dos Campeões em maio de 2005, na final contra o AC Milan. Nos anos seguintes, o jogador francês alinhou em mais nove clubes, de seis países diferentes, entre eles o Marselha (França), Sunderland (Reino Unido), Panathinaikos (Grécia), Lazio (Itália), Kouban Krasnodar (Rússia), Al-Gharafa (Qatar) e Bastia (França).

Pela seleção francesa disputou 41 partidas entre 2002 e 2011, tendo participado nos Mundiais de 2002 e 2010 pelos 'bleus'.

Fora dos relvados, Cissé foi implicado em 2015, juntamente com o atacante do Real Madrid Karim Benzema, no processo de chantagem sobre o futebolista do Lyon Mathieu Valbuena.

Na origem da investigação está um vídeo de cariz sexual alegadamente protagonizado por Valbuena e que terá servido para chantagear o jogador.

Lusa

  • Sete dos 23 arguidos do caso da Academia de Alcochete já têm cadastro
    1:59

    Crise no Sporting

    Sete dos 23 arguidos do caso da Academia de Alcochete já foram condenados por 22 crimes que cometeram no passado, mas nunca nenhum deles cumpriu pena de prisão ou prisão domiciliária. O juiz decretou a prisão preventiva na sequência das agressões à equipa do Sporting por entender que se tratou de um comportamento chocante, terrorista e a perversão do espírito desportivo.

  • Está a pensar ir à praia? Não se esqueça do guarda-chuva
    0:43
  • Abate de animais nos canis proibido a partir de setembro
    1:35

    País

    O abate de animais nos canis passa a ser proibido a partir de setembro. Só em 2017, foram mortos cerca de 12 mil cães e gatos, uma média de um abate por hora. O Governo lançou um programa de incentivos financeiros de um milhão de euros, que ainda está a decorrer.

  • Cabazes solidários oferecidos pelo Governo encontrados no lixo
    0:57
  • Colheita da cereja já arrancou no Fundão
    1:54

    País

    A colheita das primeiras cerejas da época já começou no Fundão. A campanha atrasou um mês em relação a anos anteriores, por causa do inverno que se prolongou, mas os produtores garantem que o fruto é de qualidade.