sicnot

Perfil

Desporto

Suspensão ao atletismo russo irá além dos Mundiais de agosto

A Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) revelou esta segunda-feira que a Rússia vai continuar impedida de competir internacionalmente por um período que vai contemplar os Mundiais de Londres, de 04 a 13 de agosto.

Segundo a IAAF, o grupo de trabalho independente criado para analisar o doping sistemático - e patrocinado pelo Estado - no atletismo russo considera que a federação do país do Leste europeu "ainda não está preparada" para a sua readmissão.

Rune Andersen, presidente da comissão que acompanha os requisitos para a reintegração da Rússia, reconhece que houve "numerosos avanços positivos", mas no relatório apresentado ao conselho da IAAF defende que a federação ainda "não está preparada" para que a suspensão seja levantada.

Em janeiro o dirigente reuniu-se com o presidente da federação russa, Dimitri Shlyakhtin, o coronel Zherdev, membro do comité de investigação da federação russa, o meio-fundista Andrey Dmitriev e o novo ministro do desporto, Pavel Kolobkov.Apesar da evolução, o grupo de trabalho diz ter detetado "alguns acontecimentos negativos" desde o seu último relatório ao conselho, em dezembro, nomeadamente "comentários pouco uteis realizados recentemente por alguns responsáveis do desporto russo".

"A federação russa continua a sentir dificuldades práticas e legais para fazer cumprir as sanções provisorias de dopagem. Continua a haver análises muito limitadas aos atletas em provas nacionais, bem como incidentes preocupantes quando as provas estão em curso", justificou.

O atletismo russo está suspenso desde novembro de 2015 por doping, pelo que os seus competidores falharam os Jogos Olímpicos Rio2016, sendo que não poderão também apresentar-se nos Europeus de pista de Belgrado em fevereiro, nem aos Mundiais de agosto em Londres.

A IAAF autoriza os atletas russos a competir a título individual caso sejam submetidos a controlos de doping independentes.

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.