sicnot

Perfil

Desporto

Suspensão ao atletismo russo irá além dos Mundiais de agosto

A Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) revelou esta segunda-feira que a Rússia vai continuar impedida de competir internacionalmente por um período que vai contemplar os Mundiais de Londres, de 04 a 13 de agosto.

Segundo a IAAF, o grupo de trabalho independente criado para analisar o doping sistemático - e patrocinado pelo Estado - no atletismo russo considera que a federação do país do Leste europeu "ainda não está preparada" para a sua readmissão.

Rune Andersen, presidente da comissão que acompanha os requisitos para a reintegração da Rússia, reconhece que houve "numerosos avanços positivos", mas no relatório apresentado ao conselho da IAAF defende que a federação ainda "não está preparada" para que a suspensão seja levantada.

Em janeiro o dirigente reuniu-se com o presidente da federação russa, Dimitri Shlyakhtin, o coronel Zherdev, membro do comité de investigação da federação russa, o meio-fundista Andrey Dmitriev e o novo ministro do desporto, Pavel Kolobkov.Apesar da evolução, o grupo de trabalho diz ter detetado "alguns acontecimentos negativos" desde o seu último relatório ao conselho, em dezembro, nomeadamente "comentários pouco uteis realizados recentemente por alguns responsáveis do desporto russo".

"A federação russa continua a sentir dificuldades práticas e legais para fazer cumprir as sanções provisorias de dopagem. Continua a haver análises muito limitadas aos atletas em provas nacionais, bem como incidentes preocupantes quando as provas estão em curso", justificou.

O atletismo russo está suspenso desde novembro de 2015 por doping, pelo que os seus competidores falharam os Jogos Olímpicos Rio2016, sendo que não poderão também apresentar-se nos Europeus de pista de Belgrado em fevereiro, nem aos Mundiais de agosto em Londres.

A IAAF autoriza os atletas russos a competir a título individual caso sejam submetidos a controlos de doping independentes.

Lusa

  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Gelo nos polos recua para recordes mínimos

    Mundo

    A extensão de gelo polar dos oceanos Ártico e Antártico atingiu recordes mínimos a 13 de fevereiro, perdendo o equivalente a uma área maior do que o México, informou esta quarta-feira a agência espacial norte-americana NASA.

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.