sicnot

Perfil

Desporto

Tenista Denis Shapovalov admite comportamento "pouco profissional e indesculpável"

© Chris Wattie / Reuters

O tenista canadiano Denis Shapovalov reconheceu esta segunda-feira que teve um comportamento "pouco profissional e indesculpável" ao atingir com a bola o árbitro do encontro da Taça Davis, apesar de indicar que apenas pretendia lançá-la para fora do 'court'.

"No calor do momento, depois de ter perdido um jogo, perdi o controlo das minhas emoções e lancei a bola, com a intenção de atirá-la para fora do 'court'. Infelizmente, de forma involuntária, acertei no senhor Arnaud Gabas, o árbitro do encontro", explicou Shapovalov na sua conta na rede social Twitter.

O jovem tenista, de 17 anos, manifestou-se "envergonhado" e "disposto a aceitar as consequências" do seu ato, tendo ainda pedido desculpa a Gabas e aos colegas da equipa canadiana, que foi imediatamente eliminada da prova, facilitando a qualificação da Grã-Bretanha para os quartos de final do Grupo Mundial.

A Federação Internacional de Ténis também já emitiu um comunicado, no qual considera que Shapovalov não teve intenção de visar Gabas, que foi atingido na cara pela bola lançada pelo tenista e teve de ser receber tratamento hospitalar em Otava.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51