sicnot

Perfil

Desporto

André Villas-Boas estreia-se com vitória na Liga dos Campeões asiática

© MAXIM ZMEYEV / Reuters

O treinador português André Villas-Boas estreou-se esta terça-feira no Shanghai SIPG com uma vitória na terceira eliminatória na Liga dos Campeões asiática de futebol e apurou-se para a fase de grupos da competição.

Com os reforços brasileiros Oscar (ex-Chelsea) e Hulk (ex-Zenit) na equipa, a que se juntaram no número de estrangeiros o avançado Elkeson e o médio uzbeque Akhmedov, o Shanghai SIPG venceu em casa os tailandeses do Sukhothai, por 3-0.

Ao intervalo, a equipa de Villas-Boas já vencia por 2-0, com golos de Oscar, aos 34 minutos, e Elkeson, aos 39. No segundo tempo, dilatou a vantagem com um autogolo do central Toopkhuntod, aos 58.

De fora das opções de André Villas-Boas ficou o central internacional português Ricardo Carvalho, de 38 anos, também um dos reforços da equipa chinesa.

Embora este jogo tenha sido da Liga dos Campeões asiática (AFC), na China, com as novas regras, as equipas só podem utilizar três jogadores estrangeiros, embora cada clube possa ter cinco no plantel.

Ainda hoje, também em jogo de acesso à fase de grupos da "Champions" asiática, estará o técnico português Jesuado Ferreira, cuja equipa, o Al-Sadd, do Qatar, defrontará em Teerão os iranianos do Esteghlal TEH.

Lusa

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.