sicnot

Perfil

Desporto

Árbitro da Taça Davis diz que deixou o court "com a cara de Rocky Balboa"

© Chris Wattie / Reuters

O árbitro do encontro da Taça Davis que foi atingido pela bola lançada pelo canadiano Denis Shapovalov disse esta terça-feira que deixou o 'court' "com a cara de Rocky Balboa" e satisfeito por não ter sofrido lesões graves.

"Tive alguma sorte, pois o resultado poderia ter sido mais grave. Percebi que ele estava enervado e que algo se iria passar, mas nunca pensei que lançasse a bola na minha direção. Por vezes, conseguimos evitar algumas boladas, mas, desta vez, não tive qualquer hipótese", explicou Arnaud Gabas.

A referência feita pelo árbitro francês à personagem de um pugilista interpretada pelo ator norte-americano Sylvester Stallone no filme homónimo, surge em consequência da bolada sofrida durante o encontro da Taça Davis, entre o Canadá e a Grã-Bretanha.

O tenista canadiano já reconheceu publicamente que teve um comportamento "pouco profissional e indesculpável" ao atingir com a bola o árbitro francês, apesar de indicar que apenas pretendia lançá-la para fora do 'court'."

No calor do momento, depois de ter perdido um jogo, perdi o controlo das minhas emoções e lancei a bola, com a intenção de atirá-la para fora do 'court'. Infelizmente, de forma involuntária, acertei no senhor Arnaud Gabas, o árbitro do encontro", explicou Shapovalov na sua conta na rede social Twitter.

O jovem tenista, de 17 anos, manifestou-se "envergonhado" e "disposto a aceitar as consequências" do seu ato, tendo ainda pedido desculpa a Gabas e aos colegas da equipa canadiana, que foi imediatamente eliminada da prova, facilitando a qualificação da Grã-Bretanha para os quartos de final.

A Federação Internacional de Ténis também já emitiu um comunicado, no qual considera que Shapovalov não teve intenção de visar Gabas, que foi atingido na cara pela bola lançada pelo tenista e teve de ser receber tratamento hospitalar em Otava.

Lusa

  • Primeiro-ministro holandês liga a Costa para explicar palavras de Dijsselbloem
    2:23

    País

    António Costa pediu que Djisselbloem desaparecesse da Presidência do Eurogrupo. Após esta tomada de posição, o primeiro-ministro holandês ligou para Costa na semana passada a dar explicações. Contudo, o primeiro-ministro português não recua e volta a dizer que Dijsselbloem não tem condições para continuar, na sequência das declarações sobre copos e mulheres. Os eurodeputados do Partido Popular Europeu reforçaram também esta terça-feira o pedido de demissão.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa. A Direção-Geral de Saúde vai divulgar ainda esta terça-feira as normas de orientação clínica para que os médicos possam lidar da melhor maneira com este surto.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho

  • Incêndio num estádio em Xangai destrói parte da bancada

    Mundo

    O Estádio Hongkou da equipa chinesa Shanghai Shenhua foi atingido esta terça-feira por um incêndio que acabou por danificar parte da bancada e algumas salas no interior da infraestrutura. Para o local, foi enviada uma equipa de bombeiros que conseguiu controlar as chamas.