sicnot

Perfil

Desporto

Jovem de 14 anos é a "voadora" mais rápida do mundo

Kyra Poh

iFly Singapura

Kyra Poh foi eleita a mais rápida voadora do mundo, numa das maiores competições desportivas da modalidade, os Jogos de Vento. A navegar por entre ventos que podem ir até aos 230km/hora, a jovem de 14 anos salta, contorce-se, dança e flutua, dando a parecer que os movimentos são fáceis de executar.

"Tem de se usar todos os músculos para este desporto. Mesmo aqueles músculos que nunca pensaste que existiam vão começar a doer. Até os pulsos vão doer", disse a jovem de Singapura à BBC, em Espanha.

Cerca de 200 paraquedistas de interior competiram nos Jogos de Vento, realizados na Catalunha, durante o passado fim de semana. Kyra não foi apenas uma das poucas raparigas a participar, mas também uma das mais jovens.

Esta foi a primeira vez que a jovem competiu contra adultos, numa competição de grande escala.

Contudo, Kyra venceu a medalha de ouro na categoria rápida a solo, na qual tem de ser feita uma coreografia o mais rápido possível; e outra medalha de ouro na categoria de estilo livre, onde os concorrentes são avaliados pela sua coreografia e pela dificuldade dos seus movimentos.

Kyra disse que o facto de ser mais pequena e leve do que os outros não lhe deu uma vantagem. Muito pelo contrário, a jovem acredita que isso só tornou as coisas mais difíceis. "Muitas pessoas pensam que se és mais leve, és mais rápida. Eu não acho. Porque sendo pequena, tenho menos área de superfície corporal, de modo que consigo empurrar menos vento", disse a jovem.

Kyra venceu a medalha de ouro na categoria de juniores de estilo livre no Campeonato Mundial de Paraquedismo Interior, em outubro de 2016, na Polónia.

"Esqueço-me que estou a voar"

Kyra começou a praticar o desporto acidentalmente. Quando tinha 9 anos, a sua mãe foi contratada para criar anúncios para uma empresa de Singapura de paraquedismo interior, a iFly. Contudo, precisavam de uma criança para aparecer nos anúncios.

"A minha mãe pediu-me para experimentar. Eu disse que sim. Eu queria mesmo voar... e foi mesmo muito excitante. A primeira vez que saltei, estava nervosa. Mas hoje em dia, quando entro na arena, às vezes esqueço-me que estou a voar."

Kyra pratica três vezes por semana, depois das aulas, mas em tempo de competições, pratica com mais regularidade. Cada sessão de treino leva horas - estar constantemente a voar pode ser desgastante -, e a jovem só pode voar durante alguns minutos e depois tem de fazer uma pausa.

Kyra também faz sessões de alongamento para melhorar a sua flexibilidade. Ao contrário da maior parte das mulheres que fazem este desporto, a jovem não tem um passado de dança ou ginástica. Contudo, a rapariga tenta compensar de outras maneiras.

"Quando era mais pequena, costumava desenhar-me a voar sobre Singapura. Até queria ser uma astronauta, de modo a flutuar em gravidade zero. Não é suposto os humanos voarem, mas esse sempre foi o meu sonho. Agora posso voar numa arena, então estou muito feliz por ter encontrado este desporto."

  • "Sério ataque à República de Angola"

    País

    O Governo angolano classifica como "inamistosa e despropositada" a forma como as autoridades portuguesas divulgaram a acusação ao vice-Presidente de Angola, Manuel Vicente, e alertou que essa acusação ameaça as relações bilaterais.

  • Derrame de ácido clorídrico na Nacional 1, em Gaia
    1:15

    País

    Um derrame de ácido clorídrico obrigou esta manhã ao corte da Nacional 1, em Vila Nova de Gaia, na zona de Pedroso. O ácido estava a ser transportado em embalagens de plástico, dentro de um pesado de mercadorias. Foi o motorista que detetou a fuga e pediu a ajuda dos bombeiros.

  • "Fiz coisas de que me envergonho"
    2:31
  • "É abusivo falar de fuga ao fisco"
    4:10

    Economia

    Dez mil milhões de euros é o valor de que se fala das transferências para contas offshore, que terão escapado à Autoridade Tributária. O número impressiona, mas é preciso notar que este dinheiro é capital que sai do país e o capital não está sujeito ao pagamento de imposto só porque sai do país. O fiscalista Tiago Caiado Guerreiro esteve no Jornal da Noite para dar mais explicações sobre o caso.

  • Número de mortos de atentado em al-Bab sobe para 60

    Mundo

    O atentado bombista de hoje na cidade de al-Bab (Norte da Síria), capturada na quinta-feira ao Estado Islâmico, fez pelo menos 60 mortos, de acordo com um novo balanço noticiado pela agência de notícias estatal turca Andadolu.