sicnot

Perfil

Desporto

Antigo empresário de Gonçalo Guedes processa Benfica

O Benfica vai responder em tribunal a um processo movido por Paulo Rodrigues, antigo empresário do futebolista Gonçalo Guedes, que exige o pagamento de 4,8 milhões de euros referentes a comissões e à transferência para o Paris Saint-Germain.

A audiência preliminar teve hoje lugar no Palácio da Justiça, em Lisboa, não tendo existido um entendimento entre as duas partes para evitar o julgamento, como adianta à Lusa o agente Paulo Rodrigues.

"Não houve nem a aproximação para um acordo. O Benfica prejudicou-me em milhares de euros, porque não me pagou as duas renovações que eu consegui ao jogador em 2014. Foi pagar a empresas terceiras e outros empresários", afirma.

Em causa estão as comissões a que o empresário alega ter direito: a primeira de um milhão de euros, referente a abril de 2014, e outra de 800 mil euros, datada de novembro desse ano, quando a cláusula de rescisão do jogador passou a ser de 60 milhões de euros. De acordo com o queixoso, terá ainda sido estabelecida uma percentagem de dez por cento de uma futura venda.

Perante a recente transferência do avançado português para o PSG, avaliada em 30 milhões de euros, Paulo Rodrigues garante ser credor de 4,8 milhões de euros em relação ao clube da Luz, argumentando que este valor "pode chegar até aos 5,5 milhões", caso o Benfica venha a receber o eventual bónus acordados com os parisienses neste negócio.

Contactada pela Lusa, fonte oficial do Benfica refere apenas que o clube não vai fazer nenhum comentário sobre este processo e que qualquer resposta será dada nas instâncias próprias dos tribunais.

Lusa

  • "Em Paris posso evoluir mais e isso vai ajudar-me"
    0:32

    Desporto

    Gonçalo Guedes foi apresentado esta segunda-feira como jogador do Paris Saint-Germain. Um dia depois da estreia na Liga francesa, o avançado agradeceu ao clube pela confiança depositada. O jogador de 20 anos considera que os parisienses lutam por títulos, razão que o levou a optar pelo emblema francês.

  • Marco Silva despedido do comando técnico do Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva deixou o comando técnico do Watford, anunciou o 10.º classificado da Liga inglesa de futebol no seu sítio na Internet. "Foi uma decisão difícil e não foi tomada de ânimo leve. O clube está convencido de que a contratação de Marco Silva foi a correta e não fosse a abordagem indesejada de um rival da 'Premier League', continuaríamos a prosperar sob o seu comando", lê-se no comunicado do clube.

  • Os apelos de Marcelo para a reforma do Estado
    1:36

    País

    O Presidente da República lamentou este sábado que o consenso para uma reforma do Estado seja um sonho adiado. No enceramento do congresso "Portugal no Futuro", Marcelo Rebelo de Sousa apelou a entendimentos em áreas estratégicas e defendeu que é preciso passar as palavras à ação, o quanto antes.

    Débora Henriques

  • Tragédia de Vila Nova da Rainha foi há uma semana
    7:18
  • Escutas da Operação Marquês "não podem servir de prova"
    1:36

    Operação Marquês

    As defesas de José Sócrates e de Ricardo Salgado queixam-se que as escutas do processo Marquês estão infetadas por um vírus informático. Os advogados dizem que tal como estão as escutas não podem servir de prova. No entanto, o Ministério Público diz que estão reunidas as condições para começar a contar o prazo para a abertura de instrução.

    Luís Garriapa

  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espírito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espírito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Admirável mundo novo
    16:17