sicnot

Perfil

Desporto

Rayo Vallecano vai expulsar adeptos condenados em processo movido pelo presidente da Liga espanhola

O presidente do Rayo Vallecano, Raul Martin Presa, afirmou esta quinta-feira que se algum dos 17 adeptos envolvidos na queixa-crime interposta pelo responsável máximo da liga espanhola, Javier Tebas, for condenado, será expulso do clube.

Javier Tebas anunciou que vai apresentar uma queixa-crime contra 17 adeptos do Rayo Vallecano que se deslocaram a 01 de fevereiro ao centro de estágios do clube madrileno para insultar o avançado ucraniano Roman Zozulya, cedido por empréstimo do Betis.

"Este clube respeita a presunção de inocência que todo o cidadão tem, mas, se deste processo resultar algum condenado nesse caso, ele será expulso. Esta é a linha que vamos tomar", disse à agência de notícias espanhola EFE o presidente do Rayo Vallecano.

De acordo com alguns órgãos de comunicação social espanhóis, a contestação dos adeptos a Roman Zozulya está relacionada com o facto de o jogador ser conotado com alegados ideais neonazis.

Lusa

  • Primatóloga Jane Goodall na Cimeira National Geographic em Lisboa
    3:00

    País

    Qual o futuro do planeta? O desperdício alimentar. A relação do homem com os animais. São estes alguns dos temas da cimeira da National Geographic que decorre entre hoje e amanhã em Lisboa. Entre os oradores está Jane Goodall, a primeira cientistas a estudar chimpanzés selvagens.

  • Marcelo na peregrinação de Nossa Senhora de Fátima no Luxemburgo

    Mundo

    O Presidente da República participou esta quinta-feira, a título privado, na peregrinação em honra de Nossa Senhora de Fátima, na cidade luxemburguesa de Wiltz. Milhares de portugueses receberam Marcelo Rebelo de Sousa, que assistiu à missa e, durante alguns minutos, participou na procissão.

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.