sicnot

Perfil

Desporto

Rayo Vallecano vai expulsar adeptos condenados em processo movido pelo presidente da Liga espanhola

O presidente do Rayo Vallecano, Raul Martin Presa, afirmou esta quinta-feira que se algum dos 17 adeptos envolvidos na queixa-crime interposta pelo responsável máximo da liga espanhola, Javier Tebas, for condenado, será expulso do clube.

Javier Tebas anunciou que vai apresentar uma queixa-crime contra 17 adeptos do Rayo Vallecano que se deslocaram a 01 de fevereiro ao centro de estágios do clube madrileno para insultar o avançado ucraniano Roman Zozulya, cedido por empréstimo do Betis.

"Este clube respeita a presunção de inocência que todo o cidadão tem, mas, se deste processo resultar algum condenado nesse caso, ele será expulso. Esta é a linha que vamos tomar", disse à agência de notícias espanhola EFE o presidente do Rayo Vallecano.

De acordo com alguns órgãos de comunicação social espanhóis, a contestação dos adeptos a Roman Zozulya está relacionada com o facto de o jogador ser conotado com alegados ideais neonazis.

Lusa

  • Desespero e euforia marcaram o 8.º dia de Mundial
    0:50
  • Comprava uma bola de futebol com 9 mil cristais Swarovski?
    2:51
  • Lisboa vence prémio Capital Europeia Verde de 2020

    País

    A cidade de Lisboa venceu o prémio de Capital Europeia Verde de 2020, anunciou o comissário da União Europeia para o Ambiente, Assuntos Marítimos e Pescas, Karmenu Vella, numa cerimónia que decorreu em Nijmegen, na Holanda.

  • Trump culpa democratas pela separação de pais e filhos
    0:22