sicnot

Perfil

Desporto

País de Gales recorre da multa da FIFA por uso de papoila em jogo

© Reuters Staff / Reuters

A Federação de Futebol do País de Gales (FAW) vai recorrer da multa aplicada pela FIFA por ter usado símbolos em homenagem aos soldados mortos na I Guerra Mundial, durante um jogo que disputou em novembro, anunciou esta sexta-feira o organismo.

A FAW foi multada em 18.750 euros por exibir uma coroa de flores e um mosaico de papoilas a comemorar o Dia do Armistício (que assinala o fim da I Guerra Mundial), no empate 1-1 contra a Sérvia, em Cardiff, de qualificação para o Mundial2018.

"Recebemos por escrito as justificações que levaram o Comité Disciplinar da FIFA a aplicar as sanções. Na sequência disso, já informámos a FIFA da intenção de recorrer", refere a FAW em comunicado.

Esta decisão da FAW surge após as federações inglesa de e escocesa terem anunciado a intenção de recorrerem do castigo da FIFA por também terem usado símbolos evocativos do Dia do Armistício.

Tal como a FAW, a FA e a SFA foram multadas após os jogadores ingleses e escoceses terem envergado braçadeiras negras com uma papoila vermelha durante os seus jogos de qualificação para o Mundial2018, em novembro de 2016, perto da data comemorativa do fim da I Guerra Mundial.

Os regulamentos impedem as equipas de usar símbolos políticos, religiosos ou comerciais durante os jogos e, refere a FIFA, tanto a Inglaterra como a Escócia foram alertados para o facto de poderem incorrer em sanções se o fizessem.

Em causa está o uso de uma papoila vermelha - um símbolo usado no Reino Unido em homenagem aos soldados mortos e feridos durante a I Guerra Mundial - no equipamento durante os jogos das seleções de Inglaterra, Escócia e País de Gales.

Lusa

  • Detido dono do cão que feriu criança com gravidade

    País

    O dono do cão de raça Rottweiler que esta terça-feira feriu com gravidade uma criança de quatro anos em Matosinhos foi detido pela PSP e o animal já foi recolhido no canil municipal, informou fonte oficial da autarquia.

  • A fuga dos PIDES
    20:08
  • Desconhecem-se as causas do incêndio na fábrica da Tratolixo
    0:43

    País

    Os moradores de Trajouce, em São Domingos de Rana, não ganharam para o susto com um incêndio nas instalações da empresa de resíduos Tratolixo.O alerta foi dado por populares e trabalhadores da empresa. O vento foi o maior problema dos bombeiros no combate às chamas durante a noite. No local estiveram 133 homens, apoiados por 51 viaturas.Desconhecem-se para já as causas do incêndio. O incêndio foi circunscrito de madrugada, mas pode demorar algumas horas a ser dominado.

  • Duas execução no mesmo dia pela primeira vez em 17 anos nos EUA

    Mundo

    O estado norte-americano do Arkansas (sul) executou, na noite de segunda-feira, dois condenados à morte, o que sucede pela primeira vez em 17 anos no país, anunciou a procuradora-geral daquele estado. Jack Jones e Marcel Williams, condenados separadamente na década de 1990 à pena capital por violação e assassínio, receberam uma injeção letal depois de diferentes tribunais terem rejeitado os respetivos recursos, afirmou Leslie Rutledge, em comunicado.