sicnot

Perfil

Desporto

"A ligação entre Karim e Cristiano é uma grande vantagem nossa"

O treinador francês Zinedine Zidane, do Real Madrid, saiu esta terça-feira em defesa do futebolista Karim Benzema, desvalorizando a 'falta' de golos do seu compatriota, dizendo que o avançado "faz os outros jogarem melhor".

Benzema atravessa um 'jejum' de golos desde há um mês, tendo marcado o seu último nos oitavos de final da Taça do Rei, diante do Sevilha, e desde então, em seis jogos, ficou sempre em branco.

"Cada um é livre de dizer o que quiser, o importante é que eu o vejo bem, focado no dia-a-dia, concentrado no que faz. Cada um pode pedir mais a um futebolista como o Karim, eu estou contente com o trabalho dele", sublinhou o técnico.

Zidane abordou o assunto na conferência de antevisão do jogo de quarta-feira entre o Real Madrid e os italianos do Nápoles, da primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, no Estádio Santiago Bernabéu.

O técnico frisou que lhe custa ouvir críticas a Benzema tanto quanto a outros jogadores seus, não obstante a relação especial que tem com o compatriota, e salientou a combinação que existe entre o avançado francês e Cristiano Ronaldo.

"A ligação entre Karim e Cristiano é uma grande vantagem nossa. Quando se junta um terceiro jogador no ataque é muito importante para concluir as jogadas ofensivas. Gosto da estatística que juntos têm", referiu.

Uma boa notícia para o técnico dos 'merengues' é a recuperação do internacional galês Gareth Bale, indisponível desde a visita ao Sporting, na fase de grupos da 'Champions', devido a lesão, e que poderá vir a estar disponível para o campeonato.

"Veremos se entra na convocatória para o Nápoles ou no fim de semana, mas o mais importante é que está recuperado e junto da equipa. Sabemos que esteve três meses de fora e temos que ir com calma em relação a ele [Notes:Bale] ", justificou o treinador.

Lusa

  • Passos Coelho pede desculpa aos portugueses
    3:35
  • Pyongyang compara Trump a Hitler

    Mundo

    A Coreia do Norte compara o Presidente norte-americano Donald Trump a Adolf Hitler. Pyongyang já acostumou o mundo à sua linguagem "colorida" quando critica os seus inimigos. Mas comparações com o responsável por mais de 60 milhões de mortes são muito raras.

  • Glifosato na lista de produtos cancerígenos na Califórnia

    Mundo

    O estado norte-americano da Califórnia, nos Estados unidos, pode vir a obrigar o fabricante do popular herbicida Roundup a comercializar o produto com um rótulo que informe os consumidores de que o produto é cancerígeno. O glifosato, princípio ativo do herbicida Roundup fabricado pela Monsanto, consta de uma lista que vai ser divulgada na Califórnia, a 7 de julho, de produtos químicos potencialmente cancerígenos.