sicnot

Perfil

Desporto

Confirmado castigo a Ederson, que vai falhar jogo em Braga

O Benfica viu confirmada a suspensão por um jogo do guarda-redes Ederson, expulso no jogo da 21.ª jornada da Liga frente ao Arouca, segundo o mapa divulgado esta terça-feira pelo conselho de disciplina da Federação Portuguesa de futebol.

O guarda-redes brasileiro foi expulso aos 42 minutos, numa altura em que o Benfica já vencia por 2-0, tendo atingido um adversário já fora de área, e vai assim falhar a deslocação dos encarnados a Braga, no domingo, em jogo da 22.ª jornada da prova.

Além do mapa de castigos, o conselho de disciplina federativo dá conta, entre outras decisões, do arquivamento do processo de inquérito ao jogo Sporting da Covilhã-Freamunde, da primeira fase da Taça da Liga e disputado em 27 de julho de 2014.

O inquérito tinha sido aberto para averiguação da existência de indícios de combinação de resultados, tendo a decisão de arquivamento se devido ao facto de não haver indícios de prática de qualquer infração disciplinar.

Mapa de castigos:

- I Liga

2 jogos:
Flávio (Feirense)

1 jogo:
Ederson (Benfica)
Vítor Gonçalves (Nacional)
João Diogo (Belenenses)
Tiago Silva (Feirense)
Philipe Azevedo (Boavista)
Bernard (Vitória de Guimarães)
Sagna (Moreirense)
Drame (Moreirense)
Micael Pereira (Moreirense)

- II Liga:

1 jogo:

Makonda (Académica)
Nuno Diogo (Famalicão)
Inácio (Sporting de Braga B)
Villagran (Varzim)
Soares (Cova da Piedade)
Dieguinho (Cova da Piedade)
Dani (Vizela)
Ivanildo (Sporting B)
André (Fafe)
Gerevini (Olhanense)
Hugo Firmino (Gil Vicente)
Joseph (Vitória de Guimarães B)
Denis Duarte (Vitória de Guimarães B)

Lusa

  • Rebeldes sírios e Daesh confrontam-se na cidade de Al-Bab
    0:44

    New Articles

    Depois da operação militar da Turquia na cidade síria Al-Bab, os rebeldes sirios retomam os confrontos diretos com militantes do Daesh. Foram hoje reveladas imagens publicadas numa rede social, que mostram a cidade de Al-Bab, um dos principais alvos dos combates entre a Turquia e o aliados ocidentais, o Daesh e alguns dos rebeldes que lutam contra o regime de Bashar Al-Assad.