sicnot

Perfil

Desporto

Usain Bolt vence Prémio Laureus para desportista masculino do ano

Tim Ireland

O atleta jamaicano Usain Bolt, tricampeão olímpico nos Jogos Olímpicos Rio2016, venceu esta terça-feira o Prémio Laureus para desportista masculino do ano, categoria em que estava nomeado o futebolista português Cristiano Ronaldo.

Bolt, de 30 anos, venceu no Rio de Janeiro as finais de 100, 200 e 4x100 metros e disse no final de 2016 que pretende se retirar depois dos Mundiais de 2017, que decorrem em agosto em Londres.

O jamaicano recebeu o prémio das mãos do norte-americano Michael Johnson, também ele um campeão olímpico dos 200 metros, tendo conquistado o ouro na categoria em Atlanta1996.

O prémio para equipa do ano, para o qual estava nomeada a seleção portuguesa de futebol, campeã europeia em França, em 2016, foi atribuído aos Chicago Cubs, que venceram a World Series de basebol depois de um jejum de 108 anos desde a última vitória.

O galardão foi recebido pelo dono da equipa, Tom Ricketts, pela mão do antigo atleta e campeão olímpico Edwin Moses.

A gala dos Prémios Laureus decorreu no Sporting Club Monte Carlo, no Mónaco. A cerimónia consagrou a ginasta norte-americana e quádrupla campeã olímpica Simone Biles como desportista feminina do ano, o nadador Michael Phelps com o troféu de regresso do ano e Rachel Atherton como desportista de ação do ano.

O campeão do mundo de Fórmula 1, o alemão Nico Rosberg, conquistou o prémio revelação, enquanto a equipa de futebol do Leicester conquistou um prémio especial, de espírito do desporto.

A comitiva de dez atletas refugiados nos Jogos Olímpicos Rio2016 foi consagrada como inspiração desportiva, enquanto a campeã paralímpica italiana Beatrice Vio conquistou o galardão de desportista com deficiência do ano, com prémios entregues por momento do ano à equipa de futebol sub-12 do Barcelona, que consolou os rivais japoneses, e ao projeto Waves for Change pela utilização do desporto para alterações sociais.

Lusa

  • Primeiro-ministro holandês liga a Costa para explicar palavras de Dijsselbloem
    2:23

    País

    António Costa pediu que Djisselbloem desaparecesse da Presidência do Eurogrupo. Após esta tomada de posição, o primeiro-ministro holandês ligou para Costa na semana passada a dar explicações. Contudo, o primeiro-ministro português não recua e volta a dizer que Dijsselbloem não tem condições para continuar, na sequência das declarações sobre copos e mulheres. Os eurodeputados do Partido Popular Europeu reforçaram também esta terça-feira o pedido de demissão.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Novo vídeo do Daesh mostra crianças a treinar para matar
    3:35
  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho

  • Trump propõe cortes orçamentais para pagar muro

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos está a propor cortes de milhões de dólares no orçamento para que os contribuintes norte-americanos, e não o México, paguem o muro a construir na fronteira entre os dois países.

  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.