sicnot

Perfil

Desporto

FIFA desvaloriza ameaças de hooligans para o Mundial 2018

© Arnd Wiegmann / Reuters

O presidente da Federação Internacional de Futebol (FIFA), Gianni Infantino, disse não estar preocupado com eventuais problemas com hooligans no Mundial 2018 da Rússia, apesar das ameaças a adeptos estrangeiros.

"Não estou preocupado com problemas em 2018, tenho total confiança nas autoridades da Rússia", referiu hoje Infantino à imprensa, à margem de uma reunião em Doha.

O comentário do dirigente máximo da FIFA surgiu após a emissão de um documentário televisivo britânico, no qual os adeptos russos violentos ameaçam criar problemas junto dos adeptos ingleses que se desloquem para assistir ao Mundial 2018.

No Euro 2016, que decorreu no verão e que terminou com a vitória de Portugal, russos e ingleses, que tinham as respetivas seleções no mesmo grupo, envolveram-se em confrontos, e alguns adeptos russos foram expulsos do país.

Lusa

  • Ronaldo dispensado da seleção para ir conhecer os filhos

    Taça das Confederações

    A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) informou em comunicado que Cristiano Ronaldo foi dispensado da Taça das Confederações "para que possa conhecer os seus filhos". Numa mensagem no Facebook, o jogador mostrou-se sensibilizado com a decisão da Federação, acrescentando ainda que está "muito feliz por poder, finalmente, estar com os (...) filhos pela primeira vez".

  • Crise na Venezuela faz aumentar casos de desnutrição infantil
    2:13
  • Comprar ou arrendar casa?
    8:25
  • A fábrica de caças na base aérea de Monte Real
    3:35