sicnot

Perfil

Desporto

Grant Hackett encontrado "vivo e bem de saúde"

© Jason Reed / Reuters

O antigo nadador australiano Grant Hackett foi encontrado "vivo e bem de saúde", informou esta quinta-feira o pai do duplo campeão olímpico, que tinha comunicado à polícia o desaparecimento do filho, após uma discussão familiar.

Neville Hackett adiantou que o filho entrou em contacto com as autoridades policiais, que foram alertadas pelo pai para os "problemas psicológicos" do ex-nadador, depois de este não ter comparecido a uma consulta médica.

"A polícia informou que está vivo e bem de saúde. Disse-lhes que apenas pretende afastar-se de todos por um tempo", precisou o pai do ex-recordista mundial dos 1.500 metros, que tinha publicado nas redes sociais uma fotografia na qual era visível um hematoma no olho direito.

Hackett, de 36 anos, tinha sido detido na quarta-feira e libertado pouco tempo depois, na sequência de uma denúncia apresentada pela família, devido ao comportamento violento do antigo nadador.

O australiano, que em 2014 realizou uma cura de desintoxicação à dependência de soníferos, conquistou as medalhas de ouro dos 1.500 metros em Sydney2000 e Atenas2004 e a medalha de prata em Pequim2008.

No ano passado, tentou regressar à competição, mas falhou a qualificação para os Jogos Olímpicos Rio2016.

Lusa

  • Atacantes usaram "tática defendida pelos extremistas do Daesh"
    1:43

    Ataque em Barcelona

    O ex-presidente do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo esteve em direto, para a SIC Notícias, onde falou sobre o ataque desta quinta-feira nas Ramblas, em Barcelona. José Manuel Anes falou na tática defendida na revista dos extremistas do Daesh e que foi usada neste ataque: a utilização de viaturas "de preferência as mais pesadas para matar o maior número de pessoas".