sicnot

Perfil

Desporto

Infantino quer Mundial organizado por vários países a partir de 2026

O presidente da FIFA, Gianni Infantino, afirmou esta quinta-feira que o campeonato do mundo de 2026 de futebol poderá realizar-se simultaneamente em vários países, à semelhança do que vai acontecer no Europeu de 2020.

"Vamos trabalhar na organização compartilhada do Mundial a partir de 2026. Achamos que é uma ideia razoável e temos que apostar na sustentabilidade da competição a longo prazo", disse Infantino durante uma visita ao Qatar, país que vai receber o campeonato do mundo de 2022.

Para o dirigente máximo da FIFA, "dois, três, quatro países juntos" podem apresentar um projeto viável para a organização de um Mundial, embora seja necessário existir proximidade geográfica por "razões de facilidade de viagem".

"Esta ideia está dentro da linha de políticas de sustentabilidade e legado da FIFA", reforçou.Questionado sobre a existência de possíveis atos de vandalismo efetuados pelos adeptos radicais russos no Mundial de 2018, que vai decorrer nesse país, Infantino frisou que tem "toda a confiança nas autoridades" do país organizador.

"Está em marcha um plano para evitar qualquer problema durante a competição. O governo russo criou um sistema de identificação que será determinante caso aconteça algum problema", disse.

Lusa

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.