sicnot

Perfil

Desporto

Infantino quer Mundial organizado por vários países a partir de 2026

O presidente da FIFA, Gianni Infantino, afirmou esta quinta-feira que o campeonato do mundo de 2026 de futebol poderá realizar-se simultaneamente em vários países, à semelhança do que vai acontecer no Europeu de 2020.

"Vamos trabalhar na organização compartilhada do Mundial a partir de 2026. Achamos que é uma ideia razoável e temos que apostar na sustentabilidade da competição a longo prazo", disse Infantino durante uma visita ao Qatar, país que vai receber o campeonato do mundo de 2022.

Para o dirigente máximo da FIFA, "dois, três, quatro países juntos" podem apresentar um projeto viável para a organização de um Mundial, embora seja necessário existir proximidade geográfica por "razões de facilidade de viagem".

"Esta ideia está dentro da linha de políticas de sustentabilidade e legado da FIFA", reforçou.Questionado sobre a existência de possíveis atos de vandalismo efetuados pelos adeptos radicais russos no Mundial de 2018, que vai decorrer nesse país, Infantino frisou que tem "toda a confiança nas autoridades" do país organizador.

"Está em marcha um plano para evitar qualquer problema durante a competição. O governo russo criou um sistema de identificação que será determinante caso aconteça algum problema", disse.

Lusa

  • O perfil do homicida de Barcelos
    2:42

    País

    Adelino Gomes Briote já tinha sido condenado por ofensas à integridade física da sogra e de uma filha. Em seis meses esta foi a segunda vez que o homem acusado do quádruplo homicídio em Barcelos esteve perante a justiça.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.

  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.

  • Guerra na Síria não dá tréguas
    1:51

    Mundo

    Na Síria e ao mesmo tempo que decorrem novas negociações de paz, a guerra não dá tréguas. As imagens mostram o resultados dos últimos raides aéreos nos subúrbios de Damasco. O balanço provisório é de mais de 30 mortos e pelo menos 50 feridos.