sicnot

Perfil

Desporto

Ronaldo, Pepe e Rui Patrício nomeados para melhores do ano pela FPF

Pavel Golovkin

Os campeões europeus por Portugal, Cristiano Ronaldo, Pepe e Rui Patrício são os nomeados para o prémio jogador do ano na gala Quinas de Ouro deste ano, anunciou hoje a Federação Portuguesa de Futebol.

Na segunda edição da gala de prémios da FPF, o organismo que tutela o futebol português juntou-se à Associação Nacional de Treinadores de Futebol (ANTF) e ao Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF).
Os três futebolistas, decisivos na campanha lusa rumo ao título europeu em 2016, 'lutam' por um dos prémios mais importantes da gala, enquanto o selecionador Fernando Santos, Rui Vitória, campeão pelo Benfica, e Vítor Oliveira, que conduziu o Desportivo de Chaves à I Liga, são os nomeados a treinador do ano de futebol masculino.
André Silva (FC Porto), Gelson Martins (Sporting) e Renato Sanches (Benfica e Bayern Munique) são os candidatos ao prémio de revelação.
No futebol feminino, Ana Borges, Cláudia Neto e Matilde Fidalgo são as candidatas ao prémio de futebolista do ano, com Francisco Neto, selecionador, Pedro Bouças, campeão pelo Futebol Benfica, e Fernando Matos, do Valadares Gaia, concorrem ao prémio de treinador do ano.
A seleção principal, a seleção de futebol de praia e seleção de sub-17 são as candidatas a equipa do ano masculina, enquanto, no setor feminino, as nomeadas são a seleção A, o Futebol Benfica e o Valadares Gaia.
Os nomeados foram escolhidos pelo Conselho Quinas de Ouro, liderado pelo ex-internacional português Luís Figo, e que tem representantes da FPF, da ANTF e do SJPF.
Os premiados serão escolhidos pelos treinadores, pelos futebolistas e pelos adeptos, que podem votar no sítio oficial da Gala Quinas de Ouro na Internet.
Na cerimónia serão ainda premiados os melhores árbitros de 2015/16 e serão revelados o 'onze' do ano de futebol masculino e o 'onze' do ano de futebol feminino, que serão escolhidos pelo SJPF.

Lista de nomeados:
- Jogadora portuguesa do ano futebol: Ana Borges, Cláudia Neto e Matilde Fidalgo.
- Jogador português do ano futebol: Cristiano Ronaldo, Pepe e Rui Patrício.
- Jogador do ano futebol de praia: Elinton Andrade, Madjer e Rui Coimbra.
- Jogadora do ano futsal: Ana Azevedo, Ana Catarina e Inês Fernandes.
- Jogador do ano futsal: Bebé, Cardinal e Ricardinho.
- Jogadora revelação do ano (21 anos ou menos em 2016): Andreia Norton, Catarina Amado e Vanessa Marques.
- Jogador revelação do ano (21 anos ou menos em 2016): André Silva, Gelson Martins e Renato Sanches.
- Treinador do ano futebol masculino: Fernando Santos, Rui Vitória e Vítor Oliveira.
- Treinador do ano futebol feminino: Fernando Matos, Francisco Neto e Pedro Bouças.
- Treinador do ano futsal masculino: Joel Rocha, Jorge Braz e Nuno Dias.
- Treinador do ano futsal feminino: Francisco Paiva, Pedro Nova e Teresa Jordão.
- Treinador do ano futebol praia: José João Marques, Mário Miguel e Mário Narciso.
- Treinador do ano formação: António Folha, Hélio Sousa e João Couto.
- Treinador revelação do ano: Jorge Simão, Ricardo Soares e Sérgio Bóris.
- Equipa do ano masculina: Seleção A, Seleção Futebol Praia e Seleção Sub-17.
- Equipa do ano feminina: Futebol Benfica, Seleção A e Valadares Gaia.

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.