sicnot

Perfil

Desporto

Rui Águas entre candidatos a futuro selecionador do Ruanda

Rui Águas volta a estar nos planos para selecionador de futebol do Ruanda e esta quinta-feira, via Skipe, deu-se a conhecer um pouco mais aos responsáveis locais, que o incluíram entre os oito finalistas do grupo de 52 treinadores.

Um ano após ter sido contactado pela primeira vez, consumada a saída de selecionador de Cabo Verde, e recusado, Rui Águas está novamente nos planos da Federação de Futebol do Ruanda (FERWAFA), para liderar um projeto de desenvolvimento, que não se esgota apenas na seleção principal.

"Falámos via Skipe. Uma conversa para, no fundo, me ficarem a conhecer um pouco mais. Colocaram-me uma série de perguntas e o que eu achava ou não achava", disse à agência Lusa Rui Águas, considerando este processo de escolha do selecionador "aceitável e inteligente".

Rui Águas adianta que "nada está decidido, mas pode estar numa fase próxima de decisão", até porque ficou convicto que o projeto é para arrancar já, mas o facto de haver esta possibilidade não invalida alguns contactos que tem tido paralelamente.

"Descrevi-lhes um bocadinho o meu trajeto, para além daquilo que eles já sabiam, e a minha postura e forma de trabalhar. Deixei claro que, sozinho, nunca iria", disse o treinador, considerando que levar um adjunto é a única condição.

De acordo com Rui Águas, "para um treinador fazer um trabalho de qualidade tem que ter uma pessoa de confiança ao seu lado e que conheça a sua forma de trabalhar".

Caso venha a ser o escolhido, essa é a condição principal e da qual não abdica.A escolha de federação ruandesa deve ser conhecida em breve e se as coisas evoluírem para recair sobre Rui Águas, o treinador português deverá ser chamado ao país africano, que ocupa o 100.º lugar do 'ranking' da FIFA, para uma conversa decisiva.

"O projeto é para arrancar dentro de pouco tempo. Eles [federação] estão a acelerar o processo de seleção", referiu Rui Águas, considerando que o país, ainda conotado negativamente ao genocídio dos anos 90, é hoje um exemplo em África.Rui Águas considera que o Ruanda é, presentemente, "um exemplo numa série de questões e que se encontra em franco desenvolvimento, com uma situação política e financeira estável, e com um parlamento com maioria feminina, o que é coisa raríssima".

"Em termos futebolísticos, o Ruanda está num grupo difícil da CAN Taça das Nações Africanas}, com a sempre candidata Costa do Marfim, e já foi afastado da fase de qualificação para o Mundial2018", adiantou o treinador português.

Rui Águas integra um grupo de oito finalistas juntamente com Antoine Hey (Alemanha), Georges Leekens (Bélgica), Paul Put (Bélgica), Peter James Butler (Inglaterra), Winfried 'Winni' Schafer (Alemanha), Raoul Savoy (Suíça) e Samson Siasia (Nigéria).

Lusa

  • Ambiente e direitos humanos dominam discurso de Costa na ONU
    2:03

    Mundo

    António Costa defendeu uma diplomacia pela paz. O primeiro-ministro português saiu em defesa da língua portuguesa e da presença do Brasil e da Índia no Conselho de Segurança das Nações Unidas. No discurso na Assembleia Geral da ONU, Costa salientou também o compromisso do país em relação ao multilateralismo e às questões ambientais.

  • Em Fátima só há escolas públicas no pré-escolar e 1.º ciclo
    2:48
  • "Só tive tempo de avisar o meu sogro e o meu marido e disse: corram!"
    2:17
  • Furacão Maria volta a ganhar força

    Mundo

    Apesar de ter perdido intensidade, após a passagem por Porto Rico, onde deixou um rasto de destruição, Maria voltou a ganhar força, é agora um furacão de categoria 3. Está a afetar a zona norte de Punta Cana, na República Dominicana com ventos que atingem os 90 km/há e move-se para o noroeste.

  • Drone inglês evita execução do Daesh na Síria
    2:08

    Mundo

    A Força Aérea britânica divulgou esta terça-feira um vídeo que mostra um drone a parar uma execução pública que estaria prestes a acontecer às mãos do Daesh, na Síria. As imagens, apesar de cortadas pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, mostram várias pessoas na rua, uma explosão e, depois, a fuga.

  • Como fazer negócios no mercado dos leilões
    7:15
  • "Não toleramos ameaças de ninguém"
    2:13
  • Número de tartarugas marinhas está a aumentar

    Mundo

    O número de tartarugas marinhas está a crescer, levando investigadores a considerar que os esforços para salvar estes animais são uma "história de sucesso da conservação global", indica um estudo divulgado esta quarta-feira.

  • Tubarões vivem mais tempo do que se pensava

    Mundo

    Uma revisão de dados sobre avaliação da idade dos tubarões revela que muitas espécies têm maior longevidade do que se pensava, o que poderá obrigar a uma revisão dos planos de conservação das mais ameaçadas.

  • Como mudar um templo com 135 anos e 2 mil toneladas... de lugar

    Mundo

    Um templo budista do século XIX é um dos mais populares em Xangai, na China. Visitado diariamente por milhares de pessoas, precisava de ser relocalizado para evitar que uma tragédia acontecesse. E mesmo pesando cerca de duas mil toneladas, a missão acabou por se provar possível.